TV Informe: Presidente do TCE alertou governador sobre o pagamento antecipado dos respiradores

Imagem: reprodução

O deputado estadual Ivan Naatz (PL) está dando publicidade a um vídeo disponibilizado pela Força Tarefa que investiga a compra de 200 respiradores da Veigamed pelo Governo do Estado. É o depoimento de Adircélio Moraes Ferreira Junior, presidente do Tribunal de Contas do Estado.

Adircélio, em depoimento para a Força Tarefa, disse que falou para Carlos Moisés que o Estado não poderia fazer a compra com pagamento antecipado, o que acabou acontecendo.

O alerta aconteceu no dia 31 de março, antes do Governo fechar o negócio com a Veigamed e pagar antecipadamente R$ 33 milhões pelos respiradores que até hoje não foram entregues, além de serem inadequados. Ele disse que havia um grupo de Whatsapp informal entre representantes do Governo e do Tribunal para esclarecer dúvidas, mas que lá pelas tantas se percebeu que nem todas as negociações eram debatidas neste grupo.

Deixa claro que a manifestação do TCE sobre as medidas que deveriam ser adotadas para prevenir o “calote” foi dada antes da formalização do negócio, dia 2 de abril.

É mais um ingrediente para a CPI dos Respiradores da Assembleia, que reúne-se nesta tarde. Lembrando que Carlos Moisés sempre negou conhecer que a compra era feita de forma antecipada.

Confira dois trechos do depoimento .

1 Comentário

  1. 33 milhões dos impostos dos catarinenses! devolvam JÁ! Basta bloquear os bens e recursos dos envolvidos neste desvio, dos políticos e da “empresa” veigamed.

Deixe uma resposta