O que falta para o ex-reitor João Natel filiar-se no PDT

Foto: divulgação

Nesta semana aconteceu mais uma reunião da executiva provisória do PDT de Blumenau, com foco nas eleições municipais. Ela contou com a presença do ex-reitor da FURB, João Natel, que está num flerte demorado com a sigla, mas que pode não se transformar em casamento.

João Natel sonha em ser candidato a prefeito, como já foi assim há quatro anos, mas no MDB. Aliás, a situação tem algumas semelhanças. Natel quer ter a unanimidade interna, mas é tarefa difícil no PDT. Manifestou isso na reunião, mas o advogado Benjamim Coelho, histórico do partido, reforçou que é pré-candidato a prefeito e que disputaria com Natel na convenção municipal.

João Natel está tentando construir no andar de cima – outra semelhança com o MDB de quatro anos atrás -, em conversas com lideranças estaduais e até nacional. Fala-se inclusive que o ex-presidenciável Ciro Gomes tem visita marcada para Blumenau em fevereiro para o ato de filiação do ex-reitor.

2 Comentário

  1. O médico e ex- reitor da Furb, DR. João Natel, está trabalhando junto com a comissão provisória do partido em Blumenau,que é presidida pela líder sindical Viviam Bertoldi. para o grande evento que receberá sua filiação . Já com o lançamento da sua pré candidatura a prefeito de Blumenau. Este compromisso cumpre orientação da direção Estadual e Nacional do PDT. Que contará com a presença do ex-ministro do Trabalho e presidente Estadual do PDT. Do ex-ministro Carlos Lupi presidente Nacional da sigla e também do ex-candidato e pré candidato a presidente da república em 2022 CIRO GOMES! Toda programação já está agendada! A escolha do nome de João Natel é prerrogativa das executiva provisória municipal. Que já tem unanimidade em torno do seu nome! Não havendo qualquer cogitação sobre nenhum outro nome. Bem como , não há mais nenhuma dúvida sobre a filiação e também sobre a aprovação de João Natel no PDT de Blumenau, como
    pré candidato a prefeito!

  2. Na verdade o que interessa são os apoios políticos para depois conseguir cargos comissionados .
    Sabem quem não vencem em Blumenau ,mas tem o fundo partidário, tem o tempo de TV , tem segundo turno , e é aí que se constrói uma Blumenau melhor , mas somente para os políticos .

Deixe uma resposta