Dias Toffoli assume o STF nesta quinta-feira

O ministro José Antônio Dias Toffoli assume nesta quinta-feira (13) o comando do Supremo Tribunal Federal (STF). Vai suceder Cármen Lúcia.

Toffoli já começa com uma agenda para a próxima semana. Como chefe do Poder Judiciário, pretende visitar o chefe do Executivo e do Legislativo, na terça-feira.

Toffoli, ao contrário da sua antecessora, quer estabelecer uma agenda regular de reuniões institucionais para discutir a agenda do país durante seus dois anos de mandato. Uma das propostas é criar uma coordenadoria de grandes obras no Conselho Nacional de Justiça para destravar empreendimentos de infraestrutura paralisados por pendências judiciais.

Mais uma diferença entre os dois, é que Cármen mantinha uma imagem de distanciamento entre a Justiça e o mundo político. Toffoli não, em sua trajetória, tem anos de Congresso e Palácio do Planalto, em cargos ligados ao PT.

Sobre a prisão em segunda instância, o ministro já afirmou que as duas ações declaratórias de constitucionalidade (ADC’s), só irão a julgamento a partir de março do ano que vem.

A expectativa é que prevalecerá a proposta feita pelo próprio Toffoli, de que o réu poderá ser preso depois da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Isso não ajuda em nada o ex-presidente Lula, pois o seu processo estará nas mãos do STF quando o assunto for discutido.

Da redação, com informações da BBC Brasil

1 Comentário

  1. Esse Presidentezinho de merda é um pau mandado/capacho do PT, é o fim do STF.

Deixe uma resposta