Bolsonaro entrega projeto com alterações na CNH, crítica sobre as prioridades do governo e mudanças no Minha Casa Minha Vida

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/CP

Projeto de mudanças na CNH

O presidente Jair Bolsonaro entregou pessoalmente à Câmara dos Deputados nesta terça-feira (04), um projeto de lei que muda partes do Código Brasileiro de Trânsito. Dentre as alterações, está a ampliação de 20 para 40 pontos o limite para suspensão da CNH.

O projeto precisará ser discutido nas comissões e depois apreciado pelos plenários do Congresso.

Dentro do projeto, ainda está a alteração da validade da habilitação, de cinco para dez anos. A validade da CNH dos idosos também terá a validade ampliada.

Prioridades

O presidente da comissão especial da Reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), disse que o presidente Jair Bolsonaro não tem noção de prioridade e do que é importante para o país.

A crítica vem pelo fato de o presidente se deslocar a Câmara somente para entregar o projeto da CNH.

Minha Casa Minha Vida deve ser divido em dois

Ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou no dia de hoje (04) que o governo federal pretende dividir o programa Minha Casa Minha Vida em dois programas de habitação social.

Um deve ser destinado a famílias de baixíssima renda e outro destinado a famílias de baixa e média renda.

A proposta que ainda está em estudo, poderá sofrer mais mudanças. O grupo que está elaborando a proposta tem a ideia de mudar o nome do programa habitacional, mas ainda não foi definido.

Com informações do G1

Resumo do Brasil: Bolsonaro entrega projeto com alterações na CNH, crítica sobre as prioridades do governo e mudanças no Minha Casa Minha Vida.

1 Comentário

  1. Com relação a CNH ainda está faltando revogar a Lei Seca… Eu ouvi de muitas pessoas que esta Lei tinha sido sancionada pelo Presidente LULA porque bebia e não dirigia pois tinha motoristas. Também está perfeitamente dentro da fala do bozo que quer “desconstruir” tudo que o PT construiu.

Deixe uma resposta