Boato sobre a Havan nas redes sociais

Imagem: reprodução internet
Imagem: reprodução internet
Imagem: reprodução internet

A internet se tornou palco para que as pessoas possam falar besteira. Muita besteira. Um dos vídeos que caíram na rede social nesta semana, fazem menção a uma das maiores lojas de departamento do Brasil, a Havan. Criada em Brusque, tem 29 anos de história e já soma 93 unidades espalhadas pelo país. Foi em frente a uma dessas lojas que uma pessoa gravou um vídeo, falando que a rede pertence a filha da presidente Dilma Rousseff. A pessoa afirma ainda que o nome Havan faz referência a Havana, capital de Cuba. Óbvio, tudo mentira!

Enquanto assiste o vídeo, deixe a sua opinião. Alguém que espalha boatos como este, faz isso por maldade, ou ouviu de alguém e não checou a informação? Ou ainda, suposição? Seja como for em tempos de interação social e tecnologia, cada vez me convenço mais da importância do bom e velho jornalismo, que questiona, pesquisa, e confirma informações antes de espalhar boatos por aí!

3 Comentário

  1. Poe esta e por outras que acompanho o informe Blumenau , jornalismo com seriedade e informações consistentes .

  2. Provavelmente Cao Hering vai postar esse vídeo no Facebook dele.

Deixe uma resposta