Blumenau registra um óbito e 69 novos casos de Covid

Foto: Joni César

Blumenau registra nesta sexta-feira, dia 17, um total de 65.621 casos confirmados de Coronavírus (Covid-19), 69 a mais do que registrado na última quinta-feira, dia 16, quando o município contabilizava 65.552 casos da doença.

Ao todo, a Prefeitura de Blumenau já fez 256.596 testes para Covid-19. Nas últimas 24 horas foram processados 726 exames. Entre os casos positivos, 384 pacientes estão em tratamento. Destes, 350 encontram-se com estado de saúde estável, em isolamento domiciliar e sendo monitorados pela Secretaria de Promoção da Saúde.

Dos casos em análise e confirmados de Blumenau e de outros municípios, 39 pacientes encontram-se hospitalizados, sendo 21 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 18 em enfermaria. Destes na UTI, 19 pacientes são de Blumenau e 2 pacientes de outra cidade e a taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é 31,8% em relação a capacidade atual de ocupação, com 66 leitos ativos. Já em enfermaria são 15 pacientes de Blumenau e 3 de outros municípios, com taxa de ocupação de 10,2%.

O município contabiliza também 64.595 casos de pessoas que já passaram pelo período de isolamento e não apresentaram novos sintomas, considerados como recuperados. Nesta sexta-feira foi registrado o óbito de uma mulher de 87 anos, totalizando 642 óbitos por Coronavírus no município.

Blumenau já aplicou 386.436 vacinas entre 1ª, 2ª, dose única e dose de reforço

Nas últimas 24 horas foram aplicadas 1.163 vacinas da primeira dose (245.017 vacinados até o momento), 712 da segunda dose ou dose única (140.946 imunizados até o momento), 473 da dose de reforço (473 imunizados até o momento). O município segue as determinações da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde (MS) e as deliberações do Governo do Estado. Com a chegada de novas remessas de imunizante a Prefeitura vai divulgando em seus canais oficiais (site e redes sociais) os grupos prioritários que podem se vacinar conforme o Plano Municipal de Imunização.

Fonte: PMB

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta