Alesc: Estudantes tomam posse na 26ª edição do Parlamento Jovem

Foto: Fábio Queiroz/Agência AL

Nesta segunda-feira, 24, foi realizada a abertura da 26ª edição do Parlamento Jovem Catarinense. Participam do programa escolas de oito diferentes regiões de Santa Catarina sorteadas no ano passado. Nas primeiras atividades da semana, os jovens tomaram posse e acompanharam a palestra “O Jovem e o Poder Legislativo” no Plenário Osni Régis.

Até a próxima sexta-feira (28) a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira realiza mais uma edição do programa Parlamento Jovem, que tem por objetivo oportunizar, aos estudantes de ensino médio de escolas públicas e privadas, o acesso ao ambiente legislativo, promovendo reflexões e a ampliação do conhecimento sobre democracia e política.

Neste ano, participam do projeto escolas das cidades de Joinville, Tijucas, Chapecó, Lages, Rio das Antas, Nova Veneza, Ituporanga e Irienópolis, sorteadas em dezembro do ano passado.

Na tarde desta segunda-feira, após participarem de uma oficina de oratória, os jovens tomaram posse e acompanharam a palestra do doutor em filosofia e mestre em ciência política, Henrique Raskin, no plenário Osni Régis.

“Nós precisamos ter uma posição sobre as situações, porque as coisas, para mudarem, precisamos tomar uma posição, ter uma postura, mostrar que temos opinião, que temos posicionamento e dar credibilidade à política. A política não é esse monstro que colocam. Política é pra quem quer, pra quem tem interesse de aprender, todos podem aprender sobre política e é exatamente por isso que estamos aqui”, afirmou a estudante Bruna Ximenes Baptista, de 16 anos, de Chapecó.

Mais tarde, os 40 estudantes tomaram posse, oficializando o início da semana de participação na jornada parlamentar do Palácio Barriga Verde. Até a sexta-feira, os jovens participarão de reuniões de comissões, sessões plenárias e demais atividades legislativas.

“Eles tomaram posse hoje, se tornaram oficialmente deputados e deputadas jovens, e durante toda essa semana eles vão fazer todos os trabalhos da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), vão analisar as proposições que eles mesmo fizeram, até culminar com quinta-feira, que é o dia da sessão plenária, que eles ocupam o espaço e fazem uma sessão ordinária desta 26ª edição. Até hoje, já temos 40 leis estaduais que foram oriundas do Parlamento Jovem Catarinense”, explicou a coordenadora do programa, Lea Medeiros Cardoso.

Fonte: Agência AL

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta