Sommerfest teve casa cheia e falta de máquinas de cartão

Foto:Giovanni Silva

4.011 pessoas estiveram presentes na primeira noite da Sommerfest, nessa quinta-feira, 7. É um público 112% maior do que o da abertura da festa de 2015. Foram consumidos 9.500 copos de chope. As informações são da direção do Parque Vila Germânica.

Quatro bandas se revezaram nos dois espaços da festa, mas a concentração maior de público se deu no setor 1.

Foto:Giovanni Silva
Foto:Giovanni Silva

Um problema atrapalhou o primeiro dia e gerou criticas nas redes sociais.  Não haviam máquinas de cartão, pagamentos só em dinheiro.  Segundo Guilherme Benno Guenther, diretor administrativo-financeiro do Parque, a responsabilidade é da empresa Ticket Mais, licitada para fazer o serviço financeiro da festa, que contratou uma outra empresa para fazer a entrega, o que não aconteceu até a abertura do evento.

Segundo Guilherme, as máquinas acabaram chegando no meio da noite e a Ticket Mais foi notificada para que não se repita. Nesta sexta-feira a promessa é que terão 25 terminais com máquinas de crédito e débito.

A expectativa para hoje, segunda noite da festa, é de um público ainda melhor. ” Na Sommerfest de 2015 o movimento das sextas sempre foi melhor”, afirmou Guilherme, que diz ter informações positivas sobre a ocupação da rede hoteleira da cidade. Segundo ele, os hotéis que ficam no entorno do Parque estavam com boa ocupação. O Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares não tem esses dados oficiais.

Hoje a grande atração é a banda Cavalinho, que sempre arrasta uma legião de fãs. Hoje a programação se estende até às 2 da manhã, com os portões abrindo às 19h. Ingressos a R$ 15, com meia entrada para aqueles casos tradicionais: estudantes, professores, pessoas com mais de 60 anos e com traje típico.

Mais informações no site www.sommerfest.com.br.  

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta