Juiz de Blumenau mantém prisão de ex-gerente da Faema

O juiz Frederico Andrade Siegel, da 2ª Vara Criminal de Blumenau, negou o pedido de revogação preventiva do ex-gerente da Faema, Carlos Alberto Gonçalves, preso em flagrante por tentativa de extorsão no dia 19 de julho. Ele também confirmou o acatamento da denúncia.

Carlos Alberto, servidor comissionado que foi exonerado no mesmo dia da Prefeitura, está há 24 dias preso. Ele tentou cobrar R$ 3 mil de um empreiteiro e um dono de terreno onde foram construídas casas geminadas, no bairro Fortaleza.

Leia mais aqui.

1 Comentário

  1. Juiz deveria ainda , bloquear os bens do sujeito .

    Quem será que indicou este sujeito para o cargo comissionado de Gerente de fiscalização ?

    Nada se houve sobre este assunto , visto que o sujeito já possuía antecedentes quando da indicação para o cargo , conforme o juiz .

    Vale o ditado : ” Porco só se coça com porco, frango só se coça com frango”

Deixe uma resposta