Ivan Bolsonaro Naatz

Foto: Facebook Ivan Naatz

O Ivan Naatz (Patriota) é o candidato de si mesmo. Sempre foi. Trabalha praticamente solo, não tem rede de apoio, estrutura partidária ou de algum grupo organizado.

Para piorar, não tem muitos recursos.

Mas mesmo assim, luta para ser candidato a deputado estadual, onde é suplente, quando estava no PDT.

Está filiado no Patriota, legenda que sonhava contar com Jair Bolsonaro como candidato a presidente. Bolsonaro mudou de ideia e está aterrissando no PSL.

Sem o controvertido deputado federal, o partido ficou sem pai nem mãe e muitos devem deixar o barco em breve, pelo menos os filiados recentes de Blumenau.

Mas se Bolsonaro desgrudou do Patriota, Naatz não desgruda do “mito”.  É a tábua de salvação que enxerga para ver sua candidatura ter alguma viabilidade.

Nesta semana, ele compartilhou em suas redes sociais a foto dessa placa grande, colocada por um grupo de admiradores de Bolsonaro na Rua Sete de Setembro. O que você pensa?

Errata: Na postagem original, escrevi, de forma errada, que o Ivan Naatz teria colocado a placa, o que não é verdade. Um grupo de apoiadores fez um rateiro e pagou o material. Peço desculpas pelo erro. Mas a reflexão sobre Naatz permanece.

Foto: Facebook Ivan Naatz

11 Comentário

  1. O QUE?! Ivan Naatz NADA tem a ver com esse cartaz. Isso é fruto da união de eleitores do Bolsonaro na cidade, nós que fizemos uma vaquinha.

    FAKE NEWS! Favor retificar ou APAGAR essa matéria.
    Obrigado.

    Julian

  2. Não foi ele que colocou a placa. Está apenas tentando se aproveitar do mito.
    #Bolsonaro

  3. Atuar na política direta ou indiretamente é importante e daí liberdade de escolha, de expressar livremente suas ideias e pensamentos. Quanto ao out-door acho que é propaganda eleitoral fora do prazo e, portanto, ilegal.

  4. Alcino Carrancho, Aquele Que Nestas Próximas Eleições Somente Votará em Candidato "Zero Quilômetro" disse:

    O que eu penso, prezado Alexandre Gonçalves, é que o nosso querido Ivan Naatz é muito volúvel quanto às suas tendências ideológicas.

    Explico: o nosso menino (neste caso uso o termo “menino” de forma terna) já foi VERDE e era bom; já foi VERMELHO e ficou ruim; já foi AZUL e fundiu a minha cuca!

    Apoia o Bolsonaro, Ivan, num eventual segundo turno! Nunca no primeiro! O Bolsonaro é um porra louca, bem parecido com o Ciro Gomes!
    No entanto, se quiseres persistir, Ivan, faz a tua campanha essencialmente junto à população menos informada e/ou politicamente analfabeta, pois aqueles que tiverem um mínimo de intelecto não te seguirão. Queres apostar?

  5. Fanatismo, populismo, extremismo, pouco embasamento prático, politica velha, fala mas não faz, polêmico, impulsivo, mds a lista vai longe se tu for parar pra pensar nos motivos claros para não votar no cidadão que o “blumenauense” apoia… engraçado pq eu sou daqui e não apoio…

  6. O cara só vai votar em candidato 0km mas vota no Bolsonaro que foi 4 anos vereador e 27 anos deputado do RJ?
    Não da conta da violência e da bandidagem no estado dele em 31 anos e quer ser presidente.
    Naatz é o Alexandre frota de blumenau, vai atrás do que está na moda.
    Esse outdoor deveria ser crime eleitoral pois o apoio é pro Bolsonaro ser presidente.
    Nas mãos desse cara o Brasil vai tomar o golpe de misericórdia.

  7. os caras gastam dinheiro colocando cartaz de político? vão doar esse dinheiro para alguma instituição que realmente muda a vida de alguém para melhorar. Por isso que o país está como está e na verdade todos merecem porque não fazemos nada ou pioramos a situação.

  8. Alcino Carrancho, Aquele Que Nestas Próximas Eleições Somente Votará em Candidato "Zero Quilômetro" disse:

    Olá, Sr. Jimmy Allan Fischer!
    Me pareceu que essa do “0km” foi para mim. Me desculpe se não foi, mas, se foi, eu, Alcino Carrancho, aquele que nestas próximas eleições somente votará em candidato zero quilômetro, somente votará no porra louca do Bolsonaro se, Deus nos livre, o destravado estiver disputando o segundo turno com o sapo barbudo. Eu já disse e escrevi isso várias vezes, mas por vezes parece-me que teria sido melhor eu desenhar…
    Grande abraço ao senhor.
    Um abraço maior ao Bolsonaro… De tamanduá, rsrsrsrs…

  9. Mito…que mito ?
    Demagogo , fez da política uma profissão e levou os filhos juntos .
    O fato de não ter sido citado nos processos não o torna melhor .

    Quem foi citado, investigado e condenado é que nada vale .

Deixe uma resposta