Integração entre WhatsApp, Messenger e Instagram está próxima de acontecer

Foto: divulgação

Durante o evento F8 do Facebook, que começou nesta terça-feira (30), o CEO e fundador da companhia, Mark Zuckerberg, voltou a destacar a privacidade como o caminho a ser seguido nos próximos anos. “A privacidade é o futuro”, disse o executivo durante sua apresentação, complementando ainda que essa será a característica definidora do Facebook daqui em diante.

“Com o tempo, eu acredito que uma plataforma privada será ainda mais importante para nossas vidas e para as vidas de nossas comunidades”, completou Zuckerberg. Na sequência, a empresa revelou uma das novidades desenvolvidas dentro dessa nova filosofia: o Messenger vai ganhar criptografia de ponta-a-ponta e aplicativos nativos para Windows e macOS.

No início do ano, o Facebook revelou que planeja integrar as mensagens enviadas entre Messenger, WhatsApp e Instagram, mas isso só seria possível caso todos os serviços também adotassem a criptografia de ponta a ponta que já é utilizada no WhatsApp. Com o anúncio, essa integração está bem mais próxima de se tornar realidade. O Facebook chegou a citar a futura integração durante o evento, mas ainda não deu uma data para o lançamento da novidade.

A empresa também vai reformular outros aspectos do Messenger para celular, diminuindo o tamanho total dele para cerca de 30 MB, mas sem reduzir a quantidade de funções. O mensageiro vai ganhar ainda um espaço dedicado às chamadas “conexões próximas”, inluindo os stories que seus amigos mandam na plataforma.

Fonte: Tecmundo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta