Boletim Coronavírus Blumenau – 31/03/2020

Foto: Michele Lamin/PMB

Casos de Coronavírus 

Blumenau soma nesta terça-feira, dia 31, trinta e três (33) casos confirmados de Coronavírus (Covid-19). O número representa um aumento de 65% em relação aos casos registrados no dia anterior, segunda-feira, quando a cidade registrava vinte (20) casos.

Entre os casos confirmados como positivo, dois (02) estão hospitalizados, em UTI. Os outros trinta e um (31) casos com testes positivos já passaram ou estão em isolamento domiciliar e com estado de saúde estável. Os familiares destes pacientes também receberam informações para garantir a prevenção.

Prefeitura antecipa férias Coletivas

A Prefeitura concederá férias coletivas para todos os servidores do município do dia 1º ao dia 7 e a expectativa é retomar o trabalho no dia 8 de abril. Não entrarão em férias coletivas os servidores que atuam em serviços ou atividades consideradas essenciais. Os sete dias de férias coletivas serão deduzidos do recesso de final de ano.

Os professores, educadores e coordenadores pedagógicos, incluindo os ACTs não terão este período de férias concedido, uma vez que as atividades não presenciais da Educação iniciarão no próximo dia 6 para os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental. O período de férias coletivas poderá ser cancelado ou prorrogado, na hipótese de revogação ou prorrogação do decreto de quarentena do Governo do Estado de Santa Catarina.

Seguindo recomendações do Governo do Estado, Prefeitura prorroga decreto de situação de emergência em Blumenau

A Prefeitura de Blumenau editou nesta terça-feira, 31, o Decreto Municipal nº 12.602, que segue as determinações do decreto do Governador de Santa Catarina e prorroga as medidas emergenciais adotadas pelo município para combater o contágio pelo Covid-19 por mais sete dias, a contar de quarta-feira, dia 1º de abril. O decreto mantém as restrições e procedimentos especiais direcionadas para as áreas da Educação; compras para a área da Saúde; transporte coletivo; fechamento do prédio da Prefeitura e suspensão de reuniões presenciais, entre outras, porém, com prazo prorrogado para mais sete dias.

O decreto mantém a suspensão dos prazos para os processos administrativos por 30 dias e propõe medidas para prestação de contas e contratações emergenciais. As alterações na prestação de serviços públicos e o fechamento do comércio, bem como a não circulação do serviço público de transporte coletivo também seguem mantidos, seguindo as recomendações enviadas pelo Governo do Estado.

Ambulatórios de Atendimento

Os dois Ambulatórios de Atendimento para Casos Suspeitos de Coronavírus, montados na Policlínica e no Setor 3 do Parque Vila Germânica mantém o funcionamento das 7h às 19h. Nesta terça-feira, 31, cerca de 38 pessoas passaram pelas estruturas, sendo que seis delas foram encaminhadas para os hospitais da cidade.

A orientação é para que pessoas com sintomas gripais como febre persistente, mal-estar, coriza, tosse e congestão nasal busquem o local. Casos com esses sintomas aliados a dificuldade de respirar, devem procurar atendimento em um pronto-socorro. Já para os casos com sintomas leves, como coriza e febre baixa, a recomendação é permanecer em casa, evitando deslocamentos e contatos desnecessários.

Atendimento virtual – Alô Saúde Blumenau

A comunidade também pode contar com atendimento virtual para receber orientações ou tirar dúvidas, sem sair de casa. O Alô Saúde Blumenau conta com dois canais de comunicação, por meio do telefone 156, opção 1, ou pelo canal de Whatsapp no telefone (47) 99935-3561.

Os atendimentos do Alô Saúde Blumenau pelo 156, opção 1, acontecem de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e contam com a parceria dos formandos do curso de medicina da Furb e suporte de profissionais médicos do Município. Já o Whatsapp funciona 24 horas por dia. Nesta terça-feira, 31, até 18h foram realizados 171 atendimentos pelo 156, opção 1.

Atendimentos em abrigo social

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semudes) mantém as rotinas de atendimento aos moradores em situação de vulnerabilidade. Três espaços realizam o atendimento às pessoas adultas e/ou famílias em situação de abrigamento, oferecendo moradia, alimentação e higienização. Além do Abrigo Municipal, a Semudes, por meio de uma parceria com a Associação Família Feliz e com a Igreja Evangélica Livre (IEL) tem garantido reforço no atendimento.

Plantão Semudes

A Semudes está com três telefones para esclarecimento de dúvidas quanto à Assistência Social: 3381-6607, 3381-6619 e 3381-6653. O horário de atendimento é das 8h às 12h e das 13h às 17h. Em cada telefone uma assistente social está atendendo aos usuários que necessitem de informações quanto aos atendimentos e dando os devidos encaminhamentos. Dúvidas sobre Cadastro Único, Bolsa Família e Benefícios Eventuais também podem ser encaminhadas pelo e-mail gbtr.semudes@blumenau.sc.gov.br.

Fundo de combate ao Coronavírus

A Prefeitura recebeu nesta terça-feira, 31,uma boa notícia para o enfrentamento ao Coronavírus. A Câmara de Vereadores aprovou o repasse de R$ 1 milhão para o Fundo Especial para o Enfrentamento da Pandemia Decorrente do Coronavírus, criado para arrecadar doações de pessoas físicas ou instituições privadas, nacionais e internacionais. O Fundo já contava com um aporte inicial da Prefeitura no valor de R$1,5 milhão, oriundos de recursos próprios do Município.

As contribuições, de qualquer quantia, podem ser feitas na Conta 29178-1, Agência 0095-7, Banco do Brasil, para FUNDO DE COMBATE AO COVID19.

A fiscalização da aplicação dos recursos financeiros será realizada pelo Observatório Social e pela Controladoria-Geral do Município (CGM), além dos demais órgãos de controle externo, como Ministério Público Estadual e Tribunal de Contas do Estado.

Prefeitura recebe doações na Pró-família e pelo telefone 199

A Prefeitura de Blumenau segue com a campanha para o recebimento de doações de alimentos e produtos de higiene pessoal ou limpeza para famílias carentes e em situação de vulnerabilidade social. O recebimento das doações ocorrerá na Secretaria da Família (Pró-família), das 8h às 17h30. A ação é uma parceria entre as Secretarias de Desenvolvimento Social (Semudes) e de Defesa Civil (Sedeci).

Os interessados em fazer doação devem entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199. Os atendentes vão orientar quanto ao recebimento dos donativos e caso seja em grande quantidade, a própria equipe se encarregará de buscar na casa do doador.

As doações não serão entregues na Pró-família. Profissionais da área social realizarão a entrega para as famílias que tenham necessidade, de acordo com análise socioeconômica.

Projeto de auxílio comunitário

A Defesa Civil de Blumenau segue realizando o cadastro dos interessados em fazer parte do projeto “Defesa Civil a serviço de Blumenau – Covid19”. A ideia é ajudar a combater os efeitos do Coronavírus (Covid-19) com a cooperação de pessoas que possam auxiliar quem faz parte do grupo de risco e que não pode sair do isolamento social.

Pessoas com idade acima de 60 anos, deficientes físicos e/ou pacientes com doenças crônicas, dentre outros que não possuam outra forma de assistência, podem solicitar auxílio através do telefone 199 da Defesa Civil.
Já os voluntários interessados em fazer parte do projeto devem preencher o cadastro de voluntário será realizado clicando aqui ou pela plataforma de formulários Google, disponível em: docs.google.com/forms/

Aquisição de EPIs produzidos por empresas locais

A Prefeitura de Blumenau busca alternativas de compras Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) como máscaras e aventais empresas locais que queiram fabricá-las. A medida foi adotada como forma de suprir de maneira rápida a demanda por EPIs para os profissionais de saúde que atuam na rede municipal, diante da escassez generalizada dos itens em todo o país e no mundo. Ao mesmo tempo, o mecanismo servirá de estímulo às empresas têxteis locais que estão paradas em função da quarentena.

As empresas que tiverem interesse em fornecer os equipamentos ao município deverão enviar a proposta com orçamento para o e-mail compras@blumenau.sc.gov.br. Os interessados devem enviar também em anexo as Certidões Negativas de Débitos (CNDs) Federal, Estadual e Municipal, abrangendo também as obrigações trabalhistas, regularidade do CNPJ, declaração de não emprego de menores e cópia do contrato social. A Secretaria de Administração fará a avaliação dos documentos e preços e, mediante a confirmação da compra, a empresa estará autorizada a iniciar a produção.

A produção deverá seguir rigorosamente os critérios de prevenção da propagação do Coronavírus, com protocolos de higiene, distanciamento entre os trabalhadores, e presença de no máximo 50% da equipe, conforme previsto no decreto estadual em vigor.

Fonte: Comunicação PMB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta