Artigo: “Esse cara sou eu”

Opinião aviso artigos terceiros

alexandre gonçalves

Alexandre Gonçalves

Jornalista

 

27 de dezembro de 2015.

Boas festa informe

Lá se foram três meses do Informe Blumenau. Hora de fazer o contrato definitivo.

Fui aprovado. A satisfação é de um novato.

Como é bom mudar.

Fazer jornalismo, simples assim. De repercussão, contextualização, opinião. De posição.
Com um modelo de negócio diferenciado, inovador, sem putaria.

Precisava compartilhar esta felicidade, com os que amo, os amigos, os conhecidos e os leitores que vieram até aqui.

Quando começamos, em setembro, falei que era preciso colocar o Informe Blumenau no oceano da Internet para identificar os rumos. Três meses depois, já temos porto-seguro, aliás, alguns, afinal é um projeto aberto, em construção, sem medos.

Modéstia a parte, do ponto de vista estritamente pessoal, digo que está melhor que a encomenda.

Saindo do zero na internet, com uma proposta editorial diferenciada, estimulando a reflexão e a agilidade do conteúdo, delimitando temas e com foco predominantemente local, comemoramos os números.

110 mil pessoas passaram pelo portal desde o começo. Mais de 250 mil visualizações. 33 mil e poucas visualizações no canal do You Tube. 10 mil curtidas no Facebook.

Estatísticas geradas a partir de conteúdo próprio, feito por dois jornalistas.

Saindo da zona de conforto. A empresa somos nós.

É motivo de se orgulhar e de dimensionar o tamanho da responsabilidade.

Comemorar. Sim, sempre é bom comemorar.

E agradecer.

A cada um que deu uma olhada no Informe.

Aqueles que retornaram, então, são vários os “obrigados!

Quem se dispôs a fazer algum comentário, curtir, compartilhar… O que dizer além de reforçar meu compromisso em fazer jornalismo de verdade, sem rabo preso, mas com responsabilidade?

Sem falar nas pessoas que se dispuseram a contribuir na forma de artigos, com lúcidas reflexões sobre diferentes temas, para o Informe. O espaço estará sempre aberto.

A quem acreditou no projeto, o meu carinho e reconhecimento.

Aos amigos, pelas palavras e pelo incentivo.

Agradecer a minha Priscila Barcellos. Ela me move, me provoca, me baliza. Me acalma.

E ao parceiro, hoje amigo, da família. Esse projeto não existiria sem o Fabricio Theophilo. Talento, ousadia, companheirismo. O cara que constrói o Informe Blumenau comigo todo o dia.

Vamos que vamos. Está bom, com espaço para ficar melhor, como diz o grande amigo Anselmo Medeiros.

2016 será um grande ano.

Eu fui fichado na firma.

carteira-de-trabalho-noticia

2 Comentário

  1. Alexandre,

    Parabéns pela iniciativa, o Informe Blumenau é sucesso. Reportagens dinâmicas,
    com liberdade para o leitor expressar sua opinião , de forma democrática e transparente . Que o sucesso seja contínuo , estaremos sempre acompanhando
    e torcendo .

  2. Parabéns, Alexandre. Mantenha assim, independente e imparcial, mas com sua opinião.

Deixe uma resposta