Vereador de Indaial é condenado a pagar R$ 80 mil a ex-companheira por ofensa, tentativa de agressão e ameaça de morte

Foto: Câmara Municipal Indaial

R$ 80 mil. Esta é a indenização a ser paga pelo polêmico vereador de Indaial, Diego Pandini (PP), conhecido como Diabo Loiro. Pela gravidade das acusações, parece que saiu barato, até pelo histórico do parlamentar de segundo mandato. Diego responde outro processo por homicídio do padrasto e recentemente foi acusado pela colega vereadora Raquel Rufino (PSDB) de tentativa de intimidação.

A juíza Horacy Benta de Souza Baby, da Vara Cível, concordou com as acusações da vítima, que trabalhou como assessora do parlamentar e depois virou companheira dele. Que Diego a intimidava e xingava com palavrões, que ela foi atacada fisicamente por ele, depois agredida por socos e mesmo depois do registro do boletim de ocorrência o vereador prosseguiu com a prática.

Segundo a juíza na sentença, o vereador ” deveria estar mais preocupado em defender o interesse coletivo, fazendo jus à confiança depositada pelos munícipes, no lugar de dedicar seu tempo à prática da violência, ainda mais utilizando um espaço que não é seu, mas público, para isso. Diego envergonhou o legislativo municipal, que, com tais episódios, perde ainda mais a credibilidade junto ao povo.”

 

1 Comentário

Deixe uma resposta