Rodrigo Maia “pela” reforma? PT aposta na queda de Bolsonaro e não para de aparecer laranja no pé

Rodrigo Maia “pela” reforma?

Segundo o Valor, Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara, trabalha para colocar na relatoria da reforma da Previdência na Câmara Aguinaldo Ribeiro (PP), ex-ministro de Dilma Rousseff e ex-líder de Michel Temer.

Com a relatoria nas mãos do PP e a presidência da comissão especial com o PDT, integrantes da equipe econômica acreditam em duas explicações, Maia vai enterrar a reforma ou chantagear o governo.

PT aposta na queda de Bolsonaro

Ontem (06), escrevi sobre a possível mudança no comando do PT, hoje (07), segundo a Crusoé, esses dirigentes do partido que articulam um nome alternativo ao de Gleisi Hoffmann para a presidência do partido usam como um dos argumentos para o “plano B” a previsão de que Bolsonaro poderá “cair antes do tempo”. Na avaliação deles, Bolsonaro só se segura até uma eventual aprovação da reforma da Previdência.

Não para de aparecer laranja no pé

Uma integrante do PSL (partido do presidente) em Minas Gerais afirma que foi convidada pelo atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para se candidatar nas eleições de 2018, com o compromisso de devolver parte do dinheiro público do fundo eleitoral para o partido.

Uma candidata laranja!

Zuleide Oliveira, 41 anos, inscrita como deputada estadual nas eleições, chegou a fazer uma denúncia ao TRE-MG em 19 de setembro, mas recebeu apenas uma resposta protocolar.

A primeira a enrolar o ministro do turismo nessa caixa de laranjas.

As informações são da Folha

Resumo do Brasil: Rodrigo Maia “trabalhando” pela reforma da Previdência, dirigentes do PT apostam na queda do Bolsonaro e as laranjas não param de aparecer no pé.

2 Comentário

  1. Cadê os impolutos donos da moralidade. Aqueles que saiam de camisa da CBF (aquela limpinha e cheirosa) para tirar uma presidente honesta e colocar as tais figuras cheias de honestidade. Não aparece uma alma viva para responder ao partido do laranjal, aos milicianos, aos que receberam/enriqueceram as custas do estado. São mais sujos que pau de galinheiro. Moralistas sem moral.

Deixe uma resposta