Quando uma imagem diz mais que muitas palavras

Foto: Roberto Azevedo/Portal Making Of

O colega Roberto Azevedo traz na sua coluna de hoje, uma foto que diz muito sobre a decisão de Napoleão Bernardes de desfiliar-se do PSDB, anunciada na noite de domingo. Como o ex-prefeito de Blumenau preferiu-se comunicar apenas por uma carta, deixou muitas dúvidas no ar.

A foto mostra um almoço em um hotel de Florianópolis na última sexta-feira, 15, dois dias antes de anunciar a desfiliação. Em torno mesa, Napoleão, o todo poderoso Jorge Bornhausen, o presidente da Assembleia Julio Garcia (PSD) e o deputado federal Ricardo Guidi (PSD).

A foto foi tirada no mesmo dia que saiu a confirmação do nome de Jean Havenstein, braço direito de Napoleão Bernardes, como assessor de Julio Garcia no Parlamento.

Segundo Roberto Azevedo, “Julio minimizou as ilações que virão do encontro e afirmou que tinha um almoço marcado com Bornhausen e Guidi, e, como recebeu uma ligação de Napoleão, resolveu estender o convite a ele. Na presença de dois exímios articuladores políticos, o ex-prefeito informou que deixaria o PSDB, antes mesmo de tornar pública a decisão, o que só ocorreu no domingo (17) à noite. Julio acredita que é prematuro fazer qualquer projeção sobre uma futura articulação que fizesse o agora ex-tucano, que tem o respeito dos integrantes do encontro, estar junto ao grupo político representado naquela mesa.”

Onde há fumaça, há fogo.

A reportagem completa do Roberto Azevedo está aqui.

 

2 Comentário

  1. Em 2020 Mario vai para a reeleicão , Napoleão vem como vice , se ganharem Mario fica dois anos , sai para ser candidato a Deputado , Napoleão assume a Prefeitura , termina o mandato , tenta a reeleicão , se eleito fica dois anos e depois abandona de novo . Parece novela mexicana reprisada no Brasil .

Deixe uma resposta