PSL filia prefeitos e vice-prefeitos

Foto: divulgação

O PSL, do governador Carlos Moisés e do deputado estadual Ricardo Alba, ganhou reforços de peso neste fim de semana. 18 prefeitos e sete vice-prefeitos se filiaram no partido que elegeu o presidente Jair Bolsonaro, que está montando o Aliança Pelo Brasil.

Entre os prefeitos, dois são mais emblemáticos. Luciano Buligon, de Chapecó, e Paulo Henrique Müller, de Bombinhas, que era vice da hoje deputada Paulinha, que tornou-se líder do governo Moisés na Assembleia Legislativa,

Buligon é um nome estadualizado, mas não poderá concorrer à reeleição, pois é seu segundo mandato como prefeito, ele que foi eleito vice entre 2013 e 2016 e acabou assumindo a Prefeitura.

Os novos filiados vieram do DEM, Cidadania, MDB, PTB, PSB, PP, PSDB e PSD. Não há nome do Vale de Itajaí, confira a lista.

PREFEITOS

Luciano Buligon – Chapecó
Claudete Mathias – Fraiburgo
Ondino de Medeiros – Celso Ramos
Antônio Zilli – Urubici
Genésio Bressiani – Belmonte
Henrique Maciel – Praia Grande
Edenilson da Costa – Jaguaruna
Adelmo Alberti – Bela Vista do Toldo
Nadir Baú da Silva – Tangará
Daniel Netto Cândido – São João Batista
Sérgio de Oliveira – Bom Jardim da Serra
Pedro Barp – Lauro Muller
Moisés Diersmann – Luzerna
Valmor Kamers – Major Gercino
Silvano de Paris – Quilombo
Roque Meneghini – Guaraciaba
Paulo Henrique Müller – Bombinhas
Alessandra Garcia – Santa Cecília


VICES
Ludgero Jasper Júnior – Araquari

Louri da Cunha -Balneário Barra do Sul

Valdecir Dorigon – Guaraciaba

Evandro Azeredo – Piratuba

Adriano Bortolanza – Xaxim,

Jucelino Ferraz – Joaçaba

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta