Psicólogo Antonio Gomes da Rosa vai para o PSB

O psicólogo e psicoterapeuta não é um político de linha de frente, de ser testado nas urnas, mas é um agente político por natureza. Filiado e militante no PDT durante 25 anos, é conhecido pela sua atuação na saúde pública de Blumenau há 31 anos.

No próximo dia 31, romperá com seu vínculo partidário, mas ainda em sintonia com suas convicções. Cansado de sonhar com mudanças no PDT de Santa Catarina, resolve militar em um projeto onde se encontra mais, que é o liderado neste momento pelo vereador Bruno Cunha (PSB).

Cunha era o patinho feio do PSB quando Mário Hildebrandt e muitos outros estavam na sigla que elegeu o vice-prefeito que virou prefeito. Todos saíram e o PSB de Blumenau passa a ser construído a partir da liderança do Bruno.

Antonio Gomes da Rosa deverá ser o vice-presidente da Executiva Municipal (ou comissão provisória) e colocar o nome a disposição para uma eventual chapa majoritária.

Bruno Cunha ainda não sabe se assumirá a presidência, mas estará por perto. Diz que o projeto é eleger dois vereadores e ter alternativa para conversar sobre composições para as cabeças de chapa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta