Projeto que acaba com salário do vice-prefeito de Blumenau passa pela CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal aprovou uma proposta do vereador Ivan Naatz (PDT) , para acabar com o salário do vice-prefeito já a partir do próximo mandato. A proposta precisa passar por outras comissões, para depois ir a votação no plenário.

Fazem parte da CCJ, Fábio Fiedler (PSD), o presidente, Jens Mantau (PSDB), relator, Cezar Cim (PP), Vanderlei de Oliveira (PT) e Robinho (PR).

O vice teria direito ao salário somente quando exercesse o cargo de prefeito.

A proposta é demagógica, apesar de ter algum sentido, se olharmos os dois últimos vices: Rufinus Seibt (PMDB) e Jovino Cardoso Neto (PSD). No caso de Jovino, foi importante para eleger o então candidato a prefeito Napoleão Bernardes (PSDB).  Depois da eleição, foi escanteado pelo tucano e passou quatro anos cuidando de projetos políticos pessoais.

Pouco fez pela a cidade.

Agora, duvido que os vereadores aprovem um  projeto desse. Caso o façam, faltarão candidatos para o cargo nesta eleição.

ccj

 

2 Comentário

Deixe uma resposta