Programa Acib Recicla completa dois anos com quase 5 toneladas de lixo eletrônico coletadas

Arte: divulgação

O Programa Acib Recicla está completando dois anos nesta semana em que se comemora a Semana Mundial do Meio Ambiente e o Dia Nacional da Reciclagem (5 de junho). Nesse período, o programa recebeu e destinou para reciclagem em Blumenau 4.822 kg de resíduos eletrônicos. O Acib Recicla é uma parceria entre a Acib e a Weee.do Logística Reversa de Eletroeletrônicos, que assegura destinação adequada dos materiais eletrônicos que não são mais utilizados.

Estima-se que, com a destinação correta desses materiais, 5,5 toneladas de gás carbônico deixaram de ser emitidas (o equivalente a 110 carros rodando durante uma semana); quase 600 kg de materiais perigosos foram destinados corretamente e 1,4 toneladas de ferro foram recicladas (correspondente à produção de 340 novos computadores).

Os PEV’s (Pontos de Entrega Voluntária) estão localizados na sede da Acib, na Faculdade Senac e na Fundação Fritz Müller. Porém, empresas interessadas também podem solicitar a instalação de pontos itinerantes. Quem tiver interesse em aderir ao programa e receber o ponto de coleta pode entrar em contato pelo email falecom@acib.net ou telefone (47) 3326-1230. As empresas que já aderiram aos pontos itinerantes nesse período foram: All4Labels, Altona, Brochweld Vistoria Veicular, Coteminas, Hospital Santo Antônio, Karsten, Metalúrgica Krueger, Pamplona Iluminação, Senior Sistemas e Stuttgart.

“Para a Weee.do, esta é uma semana muito importante, pois aflora um tema que nos é pertinente e está inserido em nossos valores: o desenvolvimento sustentável e o cuidado com a natureza. Sabemos, também, que nossa atuação e motivação não teriam resultados significativos se não fossem as parcerias, na implementação e manutenção de nossos pontos de coleta voluntária”, aponta o diretor executivo da Weee.do, Mark Jacobowitz Rae.

A Fundação Fritz Müller é uma das entidades parcerias do Acib Recicla. Em 2019, o PEV instalado na instituição coletou 170 kg de resíduos eletrônicos. O número representa uma redução de 129,7 Kg de gás carbônico emitido no planeta – o equivalente a três carros rodando durante uma semana.

Além disso, outras economias foram feitas:

  • 419 Kwh de energia poupados, o suficiente para abastecer 49 casas por um dia;

  • 7,6 kg de alumínio reciclados, o equivalente à produção de mais de 463 novas latinhas

  • 35,5 kg de ferro reciclados, o correspondente à produção de 8 novos computadores

  • 16,1 kg de materiais tóxicos (chumbo, mercúrio e metais pesados) corretamente destinados

“Além de nosso compromisso com a educação continuada para a evolução de profissionais e empresas, entendemos que temos um papel fundamental no apoio a iniciativas de preservação como esta. A responsabilidade social da FFM está ligada diretamente ao dia a dia das pessoas que estão envolvidas com a entidade, seu bem-estar e sua consciência em relação ao consumo e ambiente em que estão inseridos”, avalia a executiva da Fundação Fritz Müller, Raquel Schurmann.

O que são resíduos eletrônicos?

São resíduos eletrônicos possíveis de serem depositados no PEV: eletrodomésticos diversos (ventilador, micro-ondas, telefones, ferro elétrico, ou seja, qualquer um que não seja de “Linha Branca” – geladeiras, condicionadores de ar, fogões, etc.); computadores e seus periféricos (mouse, teclado, estabilizador, no-break, impressora, fax, scanner, copiadora multifuncional, modem, roteador, decodificador, fonte); monitores (CRT, LCD, LED, Plasma, etc.); notebook e fontes; celulares; centrais telefônicas; walkie-talkie; aparelho telefônico; rádio comunicador; aparelhos de CD/DVD/BLURAY, aparelhos de som; equipamentos diversos com placas de circuito impresso; cabos e fios em geral; outros aparelhos aqui não mencionados, que possuam, em sua composição, componentes eletrônicos tais como placas de circuito, cabos, etc.

Não estão incluídos lâmpadas, pilhas, baterias, toners e cartuchos de impressão, disquetes, CDs, DVDs, fitas VHS, disquetes, eletrodomésticos contendo gases perigosos (geladeiras, aparelhos de ar condicionado, etc.), entre outros materiais.

Fonte: Acib

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta