Prisão em 2ª instância: STF suspende sessão com placar de 3 a 1 pela manutenção

Terminou no começo da noite mais uma sessão do STF que analisa se condenado em 2ª instância deve ficar preso ou somente quando todas instâncias forem concluídas, um debate que pode mudar a situação de muitos presos no país, em especial os condenados na Operação Lava Jato.

O placar é de 3 a 1 pela prisão.  O único voto pelo cumprimento de todo o processo foi o do relator Marco Aurélio Mello. Os ministros Alexandre de Moraes, Édson Fachin e Luiz Barroso divergiram do relator e foram favoráveis tese que tem tem prevalecido atualmente.

A sessão será retomada nesta quinta-feira, 14h, faltando o voto de sete ministros.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta