Primeiras reuniões entre Blumob e trabalhadores terminam sem acordo

Foram quatro reuniões ao longo desta semana entre a Blumob e o Sindetranscol, para tratar da negociação salarial referente a data base da categoria, que é 1º de novembro. O Sindicato garantiu as cláusulas que protegem os trabalhadores dos efeitos da reforma trabalhista, além de conquistar uma folga casada,  mas foi só.

A empresa negou ganhou real nos salários – o sindicato pedia 5% – e o reajuste de R$ 100 no Vale Alimentação. O Sindicato também colocou na pauta redução da Jornada de Trabalho de 7h para 6h diárias e aumento do menor salário da categoria de R$ 1.252, 51 para R$ 1.400, além da manutenção de todos os direitos históricos adquiridos.

As negociações estão suspensas até dia 14. Nesta sexta-feira, estão sendo feitas pequenas reuniões com motoristas e cobradores nos terminais para explicar a negociação e garantir a mobilização da categoria.

1 Comentário

Deixe uma resposta