Os nomes para presidir a Amve em 2022

Os prefeitos da Associação de Municípios do Vale Europeu (Amve) se reúnem, nesta quinta-feira . 2, para a escolha do novo presidente que vai liderar a entidade em 2022 até janeiro de 2023. Na ocasião, serão eleitos ainda os vice-presidentes, tesoureiro e prefeitos membros do Conselho Fiscal. A eleição acontece durante a última assembleia geral ordinária do ano, a partir das 14 horas, no auditório da Associação, em Blumenau.

A votação geralmente é aberta e acontece em consenso. Os ocupantes do cargo cumprirão o mandato de um ano e serão empossados em 1º de fevereiro de 2022. Atualmente a Amve é comandada pelo prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall.

Treze Prefeituras compõe a associação. Como o prefeito de Gaspar não fica, sobram doze. Conversei com pessoas próximas aos prefeitos André Moser (PSDB) e Jorge Kruger (PP), de Indaial e Timbó respectivamente, não tem interesse em assumir no ano que vem.

O prefeito de Blumenau, Mario Hildebrandt (Podemos), sinaliza interesse, ele que ocupou o cargo em 2019. Mas pode ser em 2022 ou 2023.

Quem manifesta interesse é o jovem prefeito de Ascurra, Arão Josino (PSD), que colocou o nome a disposição.  Os dois compõe a atual diretoria da Associação, juntos com André Moser e Jorge Kruger, além de Ércio Kriek (DEM), prefeito de Pomerode. Pela tradição, o novo presidente já tem assento na diretoria.

Além da eleição, a assembleia terá em pauta votação de orçamento para 2022, planejamento para o próximo ano, projeto de desenvolvimento regional e assuntos administrativos da Associação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta