O tiroteio pré-eleitoral em Blumenau e o jornalismo responsável

Arte: reprodução

Na semana que passou, recebi três denúncias envolvendo três pré-candidatos a prefeito de Blumenau. Já havia recebido sobre outros dois pré-candidatos.

Acompanho eleição há  muito tempo e as denúncias sempre surgem neste período, agora com muito mais facilidade por conta das ferramentas de Internet.

Elas vem de pessoas anônimas, de gente interessada em prejudicar A ou B e de cidadãos bem intencionados, que acompanham o nosso portal e buscam confirmar a veracidade dos fatos.

Sobre as denúncias recebidas na semana passada, escrevi sobre as três, em postagens diferentes. Em dois casos desisti antes de procurar o “denunciado” e na terceira desisti depois de ouvir o outro lado. Nenhuma foi publicada.

Assim é fazer jornalismo, uma espécie de triagem, que leva em conta a veracidade, o interesse público e demais critérios de  noticiabilidade que aprendemos durante o curso de jornalismo.

Tem gente que publica, o Informe não vai cair nesta tentação de buscar likes fáceis.

As denúncias que recebi não eram necessariamente falsas. Uma era incompleta e outras duas estavam descontextualizadas. Todas tinham claro interesse em comprometer o denunciado.

O Informe Blumenau tem orgulho de trazer em primeira mão revelações importantes, denúncias que viram inquéritos e ações judiciais e informações que tragam à luz comportamentos de políticos. Vai continuar fazendo, mas com a responsabilidade que pauta minha carreira jornalística.

1 Comentário

  1. Continue fazendo este jornalismo sério, sempre comprovando os fatos. Parabéns

Deixe uma resposta