O paraquedas de Ericsson Luef

Como o Informe Blumenau antecipou, o presidente estadual do PMDB, Mauro Mariani, confirmou o nome do empresário Ericsson Luef para presidir a comissão provisória municipal.

Terá a tarefa de organizar a casa, juntar os cacos e buscar construir um rumo para o partido na cidade, faltando 20 dias para a definição das candidaturas majoritárias.

E ele caiu de paraquedas neste emaranhado que é a cena pré-eleitoral em Blumenau.

paraquedas

Não é um militante orgânico do partido e não é muito dado a ostentação com políticos.  Mas como presidente , será ele o interlocutor para a construção da política de alianças. Uma seara nova para o empresário bem sucedido.

Promete ouvir o partido, mas tem pouco, pouquíssimo tempo para isso.

Sinuca de bico para Ericsson. Tem simpatia pessoal pelo projeto de Napoleão Bernardes (PSDB), mas sabe que talvez precise estar separado.

O PMDB pode tudo: voo solo, parceria com Jean Kuhlmann (PSD) ou com os tucanos. Eu realmente não tenho ideia o que pode acontecer.

Além de Ericsson, comporão a comissão provisória municipal: João Natel, reitor da FURB; Marcelo Lanzarin, pré-candidato do partido a prefeito; Marlene Schlindwein e Jorge Zimmermann, o Sapo, filiados da antiga. Pelo menos tiveram os nomes indicados.

Paulo França permanece de fora e está claro seu litígio com a cúpula estadual.

1 Comentário

  1. Acredito que o novo Presidente vai fazer um trabalho sério ouvindo os candidatos a Vereadores e decidindo da forma em que o Partido sempre atua: Através da DEMOCRACIA.

Deixe uma resposta