Indaial: Saúde reforça as medidas de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis

Os cuidados para evitar as Infecções Sexualmente Transmissíveis são necessárias durante todo o ano, contudo no período de Carnaval as medidas de prevenção precisam ser redobradas. Dessa forma, a Vigilância Epidemiológica de Indaial alerta para a importância do uso do preservativo em todas as relações sexuais.

A camisinha, tanto masculina quanto feminina, é o método mais eficaz para prevenir as IST, além de uma gravidez indesejada. Os preservativos estão disponíveis gratuitamente em todas as unidades de saúde do Município.

HIV/Aids

O Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) se não tratado pode causar a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids). Não existe cura para a infecção pelo HIV. No entanto, realizando o tratamento adequado é possível viver com qualidade de vida. Ele está disponível gratuitamente na rede pública de saúde.

Conforme dados da Vigilância Epidemiológica de Indaial do ano de 2018, 324 pessoas estavam em acompanhamento pela Secretaria por serem portadoras de HIV/Aids. Ainda nesse ano, foram notificados 40 novos casos de usuários de Indaial com Aids.

PEP (Profilaxia Pós-Exposição)

A Profilaxia Pós-Exposição é uma forma emergencial de prevenção medicamentosa da infecção pelo HIV. A PEP é recomendada para pessoas que tiveram relações sexuais desprotegidas, consentidas ou não. O tratamento deve ser iniciado, preferencialmente, nas primeiras duas horas após a relação sexual ou, no máximo, em até 72 horas, e precisa ser continuado por 28 dias, sempre com orientação médica.

Sífilis adquirida

A sífilis é uma doença que pode ser evitada com o uso de preservativo e tem tratamento disponível na rede pública. Números da Vigilância apontam que de 2007 a 2019 foram identificados entre usuários de Indaial quatro casos de sífilis congênita, 72 casos de sífilis na gestação e 308 casos de sífilis não especificada.

Hepatites B e C

O uso da camisinha também pode prevenir infecções pelos vírus das hepatites B e C. De 2007 a 2019 foram identificados 324 casos de hepatites virais entre usuários de Indaial.

Testes rápidos

São testes de fácil execução que conseguem identificar, de forma rápida e segura, se você tem alguma Infecção Sexualmente Transmissível (IST). Podem ser realizados gratuitamente nas unidades de saúde, a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. Os resultados são conhecidos em até 30 minutos. Os testes rápidos conseguem identificar as infecções por: HIV, Sífilis e Hepatites B e C.

Fonte: Comunicação PMI

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta