Inclusão, diversidade e história marcam a abertura dos Jogos Abertos

Fotos: Maurício Vieira/Secom

Um evento multicultural e cheio de manifestações artísticas. Assim foi a abertura oficial da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), na noite desta sexta-feira (1º), em Timbó. Cerca de três mil pessoas lotaram o Pavilhão de Eventos Henry Paul para acompanhar o evento, que teve como tema a inclusão, diversidade e história dos três municípios-sede dos Jasc 2019: Timbó, Indaial e Pomerode. Os jogos começaram nesta sexta-feira e seguem até dia 10.

Na edição deste ano, cerca de 4,8 mil atletas, de 120 municípios, disputam 26 modalidades esportivas.

Essa é a terceira vez que essas três cidades recebem os Jasc. A primeira foi em 2004, a segunda em 2008. Porém, neste ano, por causa das fortes chuvas, a competição precisou ser cancelada no segundo dia. O presidente da Fesporte, Rui Godinho, também reforçou que a superação é um dos diferenciais dessa edição. “Tenho certeza que será um grande evento, já que as cidades se uniram para realizar mais uma vez uma grande competição. Desejo aos atletas muito empenho, para que também possam fazer parte da história dos Jasc”.

A cerimônia de abertura foi marcada por apresentações, que fizeram referências à herança cultural da região do Médio Vale, passando pelos primeiros habitantes indígenas até as danças típicas alemãs e italianas. Nesta edição, os atletas José Alessandro Bagio (marcha atlética), Monica Bogo (Bolão 16CM), Jéssica Mayer (ginástica rítmica), Jocemar Kreitlow (tiro carabina) e Alessandra Picagevicz (marcha atlética) foram os protagonistas em um dos momentos mais esperados do evento. Eles acenderam juntos a pira dos Jasc 2019. Logo em seguida, a atleta de Bolão 23CM Michele Erdmann fez o juramento

Confira as fotos aqui.

Fonte: Secom SC

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta