Educação de Gaspar é destaque em Seminário em Barcelona, na Espanha

Foto: divulgação PMG

Ter criatividade na elaboração de projetos e envolver a comunidade e os próprios alunos com a escola são alguns desafios dos professores da rede municipal de ensino. Por isso, a necessidade de troca de experiências e de aprendizado contínuo auxilia na agregação da formação do profissional. A diretora Geral Pedagógica da Secretaria de Educação de Gaspar, Cristiane Luciano Corrêa, participou do VII Congreso Internacional en Creatividad e o IX Fórum Internacional de Escuelas Creativas em Barcelona, Espanha no início do mês. Na terra de Gaudí, a servidora da socializou a temática “Da polinização ao sabor do mel: trajetórias da rede municipal de ensino de Gaspar” que contou um pouco da experiência do município a partir das formações continuadas e o início de um projeto que está sendo realizado nas escolas integrais. O intuito do projeto é potencializar ainda mais os projetos criativos já existentes.

O convite para o evento surgiu após o município participar da VI Jornada Internacional das Escolas Criativas que aconteceu em novembro de 2018 em Orleans, Santa Catarina, e do I Seminário Internacional de Ecoformação, em novembro de 2018 em Massaranduba, Santa Catarina. Conforme conta Cristiane, o congresso em Barcelona teve como foco práticas criativas e a ecoformação. “Levamos nossa experiência de como Secretaria de Educação proporciona a formação continuada a partir de tempos específicos, organizados no momento da hora atividade dos professores, como também o projeto piloto realizado nas escolas integrais que possibilita uma formação transdisciplinar, envolvendo os profissionais da Unidade de Ensino e a comunidade”, explica. Para ela, essa troca de experiências é importante para compreender além da realidade brasileira, possibilitando um novo olhar para a educação. “É muito inspirador, por isso em breve, realizaremos um encontro com toda a equipe da Secretaria para compartilharmos as novas vivências do Seminário, para que possamos trazer alguns bons exemplos para cá e melhorarmos ainda mais o nosso atendimento e envolvimento com a comunidade escolar”, finaliza.

A secretária de Educação, Zilma Mônica Sansão Benevenutti, avalia como positiva a participação no congresso. “É uma forma de socializar as nossas práticas pedagógicas e buscar outras possibilidades para inovar o que ofertamos para a nossa rede”, ressalta.

Hora-atividade

A Secretaria Municipal de Educação iniciou a implantação da hora-atividade em março deste ano. Com isso, todos os meses os professores participarão de formações durante as horas de não atividade, seja na própria secretaria ou em sua escola. Esses encontros servem para que o professor programe o seu trabalho, e também evolua tanto na qualidade de seu ensino quanto em suas atividades em sala de aula.

Fonte: Comunicação PMG

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta