Conselho de Turismo de Pomerode rejeita exigência de guias locais em excursões

Foto: reprodução

O Conselho Municipal de Turismo de Pomerode rejeitou nesta quinta-feira, 28, o projeto de lei 413/2019, que obrigaria veículos com mais de oito passageiros a contratar guias locais de turismo antes de visitarem a cidade. A decisão foi tomada por unanimidade após intensa mobilização da comunidade e de entidades como a Associação Visite Pomerode (Avip). Assim, todas as excursões seguem livres para circular pela cidade sem cumprir qualquer exigência adicional.

O texto apresentado pelo Executivo criaria custos extras a grupos de visitantes interessados em conhecer Pomerode e seus atrativos e retiraria o direito de escolha do consumidor sobre a contratação dos serviços de guia. Exigiria que ônibus e vans fossem interceptados por fiscais municipais sem necessidade, gerando custos para a municipalidade que agora podem ser revertidos em ações de promoção e qualificação do turismo.

A Avip defende leis e regulamentos que simplifiquem, estimulem e dinamizem o trade turístico local, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social de Pomerode e do Vale Europeu. Para a associação, a rejeição da chamada Lei dos Guias é uma demonstração aos visitantes de que, não importa o meio de transporte, Pomerode está de braços abertos o ano inteiro para recebê-los.

Fonte: Associação Visite Pomerode

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta