Balanço do Mandato em 2019: vereador Cezar Cim (PP)

Foto: CMB

Em 2019, deixei minha digital na luta pela redução dos custos na Câmara Municipal.

Encampei, em conjunto com outros seis vereadores, a mitigação do repasse do duodécimo, para que a Prefeitura Municipal pudesse dispor desses valores com aplicação imediata na saúde, educação, e outras prioridades.
(Curioso, a respeito, é o silêncio das instituições que sempre pugnaram pela redução do repasse do duodécimo).
Defendi, já no discurso de posse, a diminuição dos cargos comissionados da Casa, tanto que não apadrinhei nenhuma indicação.

Meu gabinete está entre os mais econômicos, à razão de não utilizar carro alugado, combustível e telefone celular da Câmara Municipal.

Em meus pronunciamentos (75) defendi a família, escola e igreja. Preguei o resgate do controle social dessas instituições sobre os filhos, alunos e fiéis, respectivamente. Denunciei a letargia das esferas federal e estadual para com Blumenau. Cobrei obras do poder público municipal e eficiência nos serviços públicos, fiscalizando as licitações.
Não votei o achatamento dos direitos dos servidores, nem o aumento de desconto da previdência em seus vencimentos.

Apoiei todos os projetos que ampliaram a inclusão social, bem como os que implicaram em mais justiça social e mais cidadania.

Fui a voz defensora do idoso e do aposentado na Tribuna. Defendi e votei pela extinção da URB, e propus a remuneração das associações de moradores, para promoverem as roçadas das testadas dos imóveis localizados nas suas jurisdições.

Acusei a casa de tolher, via CCJ-Comissão de Constituição e Justiça, a discussão de diversos projetos de interesse da comunidade.

Dentre os vários projetos de que fui autor, destaco o que cuida da isenção compensatória do IPTU, aos proprietários que pavimentaram com recursos próprios as ruas onde residem, bem assim, o que proíbe a autuação do agente de trânsito por vídeo monitoramento, além do que autoriza o poder executivo a firmar convênios com entidades privadas para atendimento de idosos a partir de 65 anos de idade.

Patrocinei centenas de indicações e requerimentos com ênfase para aqueles que cuidam da regularização fundiária traves do REURB SOCIAL, e aquisição de um helicóptero para a Policia Militar local, a exemplo de outras cidades como Florianópolis, Joinville, Lages e Balneário Camboriú, que já dispõem de aeronave.

Por fim, homenageei as mulheres e o magistério, propondo a concessão de Título de Cidadã Blumenauense a professora Marcia Cristina Sarda Espíndola, Reitora da Fundação Universidade Regional de Blumenau – FURB.

1 Comentário

  1. O nobre vereador tem potencial para muito mais, pelo conhecimento que possui das leis e pela experiência de vida .

Deixe uma resposta