A pré-campanha em Blumenau esquenta os debates na Assembleia Legislativa

Ao utilizar a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta quinta-feira, 13, o deputado Ricardo Alba (PSL) fez duras críticas às mudanças efetuadas no trânsito de Blumenau com a instalação de dezenas de novos semáforos. Utilizou a palavra “caos” para se referir ao resultado obtido pela atual administração municipal e ressaltou a indignação da comunidade blumenauense manifestada nas redes sociais e na imprensa. Em outro momento, Alba falou sobre as emendas parlamentares que destinou para saúde, educação, segurança pública e infraestrutura.

“Foram investidos R$ 4,5 milhões nos tais semáforos inteligentes, mas parece que eles conseguiram foi dar um nó no trânsito”, disse o deputado, ao constatar os engarrafamentos provocados após o funcionamento dos equipamentos.

Na quarta-feira a tarde, foi a vez do deputado Ivan Naatz (PL) fazer pesadas críticas ao governador Carlos Moisés (PSL) – aliado de Alba -, por conta da falta de ações na cidade.

“Nenhuma ação se concretizou em Blumenau e na região metropolitana. Na época do Colombo havia roçada e manutenção das rodovias, agora tinha a promessa de conclusão da SC-108, R$ 34 milhões para centro de convenções que não vieram, os PMs prometidos que estão em treinamento e agora que só R$ 200 mil foi colocado para a SC-108, tinha que colocar R$ 200 milhões”, avaliou Ivan Naatz (PL), líder da bancada de oposição.

O parlamentar fez uma apelo ao colega, Ricardo Alba (PSL), para que reúna a Frente Parlamentar do Vale do Itajaí para repudiar a “inanição” do Governo do Estado.

Ricardo Alba é pré-candidato à Prefeitura de Blumenau, mesmo que não declarado, mas se movimenta como. Ivan Naatz sempre resistiu a possibilidade de uma terceira candidatura a prefeito, mas é provável que tenha que vir para fortalecer o projeto do senador Jorginho Mello (PL) para 2022.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta