2ª etapa da reforma administrativa da Prefeitura de Blumenau fica para abril

Foto: Secom PMB

Por conta dos desdobramentos jurídicos envolvendo a Companhia Urbanizadora de Blumenau, a segunda etapa da Reforma Administrativa, que mexe com a estrutura da administração direta e indireta da Prefeitura, será anunciada na segunda quinzena de abril e não mais no final de março.

Segundo o release, foi uma sugestão do Comitê Gestor ao prefeito Mário Hildebrandt (sem partido).

A 1ª etapa da reforma, que tratava da extinção da Urbanizadora, foi anunciada no início de março e determinou a exoneração de 75 cargos comissionados, corte de funções gratificadas e o desligamento de mais de 500 funcionários na URB.

O tempo a mais permite também uma reaproximação do Executivo com o Legislativo, que nos últimos tempos andou entre tapas e beijos.

Na sessão da última terça-feira, o processo de extinção da Urbanizadora recebeu o aval da Câmara que Vereadores, que aprovou o projeto de Lei autorizando a dissolução, liquidação e extinção da URB. Da Câmara, o projeto seguiu para a Prefeitura e recebeu nesta quarta-feira, 27, a sansão do prefeito Mário Hildebrandt.

O projeto, aprovado com 11 votos favoráveis, prevê a convocação de uma assembléia-geral de todos os acionistas com o objetivo de nomear o liquidante, declarar extintos os mandatos e cessada a investidura dos membros dos Conselhos de Administração e Fiscal da sociedade, nomear os membros do Conselho Fiscal que deverá funcionar durante a liquidação e fixar o prazo no qual se efetivará a liquidação.

1 Comentário

  1. O tempo a mais permite também uma reaproximação do Executivo com o Legislativo, que nos últimos tempos andou entre tapas e beijos.

    Certamente a reforma visa as eleições de 2020 , eleições e reeleição .

    Uma cidade que tem o legislativo que obedece as ordens do executivo , não precisa de mais nada….nem penitenciária .

Deixe uma resposta