Os candidatos e as mulheres

Enquanto se organiza pela internet um movimento de mulheres anti-Bolsonaro (PSL), agora com uma reação de mulheres com Bolsonaro, em Santa Catarina os candidatos se superam nas promessas.

Nesta semana, tanto Décio Lima (PT) quanto Gelson Merisio (PSD), anunciam que “metade” da linha de frente de seus respectivos Governos será composta por mulheres. Décio falou isso na entrevista no Jornal do Almoço nesta quinta, 13, e Merisio em uma das peças na propaganda eleitoral TV e no rádio.

Nas quatro vagas na majoritária do PT, há uma mulher, Ideli Salvatti para o Senado. Na chapa de Merisio, nenhuma mulher.

Confesso que não vi nada do Mauro Mariani, portanto não comento.

Política ainda é um espaço machista, reconhecendo todos avanços.

Anunciar que vai colocar mulheres no comando de secretarias, autarquias e fundações é tentar captar o eleitorado feminino com uma promessa que não será cumprida.

2 Comentário

  1. “Nas quatro vagas na majoritária do PT, há uma mulher, Ideli Salvatti para o Senado”

    É piada , será que alguém em sã consciência vota nesta “senhora” ?

  2. Nas quatro vagas na majoritária do PT, há uma mulher, Ideli Salvatti para o Senado.

    Socoooooooooorro…..

Deixe uma resposta