Vice-prefeito Mário Hildebrandt reúne-se com presidente do Banco Fonplata

O motivo pelo qual o vice-prefeito Mário Hildebrandt (PSB) não assumiu a Prefeitura nesta sexta-feira, na licença de Napoleão Bernardes (PSDB),  é a sua visita à Bolívia, que nesta sexta-feira teve sua primeira agenda oficial. Ele, que é também secretário executivo do Programa de Mobilidade Sustentável e Projetos Especiais, está acompanhado do secretário de Gestão Governamental e Transparência, Paulo Costa. Conversaram com o presidente do Banco Fonplata, Juan Notaro Fraga e outros membros da instituição.

O Fonplata é um banco  banco de fomento para o desenvolvimento dos países da Bacia do Rio da Prata: Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai. A comitiva de dois aqui de Blumenau busca recursos para obras de mobilidade na cidade, em especial para a Ponte do Centro, orçada em cerca de R$ 70 milhões.

Esse foi o primeiro encontro. “Entre nossos questionamentos aos representantes do Fonplata, estiveram os prazos de desembolso, de carência e as exigências do banco para a disponibilização dos recursos. Nosso principal objetivo é utilizar esse dinheiro, caso seja liberado, para tirar do papel obras como o Corredor Norte e a ponte que liga as ruas Rodolfo Freygang e Chile. Ambas já têm os projetos prontos e em fase de finalização e a vinda dos recursos é o que precisamos para o andamento delas”, diz Hildebrandt.

A dupla de Blumenau ouviu que o banco financia até 80% do valor total e que a contrapartida da Prefeitura é de 20%. O pagamento do financiamento é de 15 anos e o prazo para a execução das obras é de quatro anos.

Além da reunião com o pessoal do banco, Hildebrandt e Paulo Costa irão às cidades de Santa Cruz de la Sierra, também na Bolívia, passando também por Medellin e Bogotá, na Colômbia. A intenção é conhecer áreas de mobilidade urbana, desenvolvimento econômico e tecnologia e inovação, como o Transmilenio de Bogotá, sistema integrado de transporte público considerado um dos mais eficientes da América Latina.

2 Comentário

  1. Contratar empréstimo na Bolívia ? Ok, já pensaram se fosse alguém do PT? Bolivarianos!!!

  2. Sim, os coxinhas não vão se insurgir ao empréstimo junto aos bolivianos? Agora aderiram aos bolivarianos?

Deixe uma resposta