Uber vai começar a testar publicidade no teto dos carros

Imagem: reprodução

A Uber vai começar a testar anúncios na parte de cima dos carros, no teto. A ideia é semelhante ao que taxistas já utilizam em diversas cidades do mundo e será a primeira vez que este tipo de publicidade será instalada em veículos de motoristas parceiros do aplicativo de viagens.

Neste momento, a empresa que cuidará da parte burocrática do aparato para a veiculação dos anúncios será a Adomni. No teste, a Uber pagará US$ 300 para que o motorista instale o equipamento e depois o valor será de US$ 100 por semana que o carro rodar pela cidade. O painel tem dois lados e eles podem exibir imagens estáticas por oito segundos ou então um vídeo, com o conteúdo sendo alterado de acordo com a região onde o veículo está passando e o horário do dia.

“Vamos dizer que em um momento do dia o carro passa por um bairro hispânico, então a propaganda do McDonald’s pode aparecer em espanhol,” comenta Jonathan Gudai, CEO da Adomni.

Para receber a quantia, o motorista precisa ter ao menos 20 horas por semana com o display ligado – o que dá quase três horas por dia com o carro rodando, durante os sete dias da semana.

Após o dia primeiro de abril os motoristas receberão um valor por tempo que rodarem com a propaganda no teto. Toda a conversa para chegar neste acordo começou no semestre passado e vale apenas para os Estados Unidos, nas cidades de Atlanta, Dallas e Phoenix.

Nos Estados Unidos a Uber já encontrará concorrência neste mercado, indo além dos taxistas que utilizam os painéis com anúncios há anos: a Lyft também assinou uma parceria que entrega basicamente o mesmo tipo de equipamento nos carros de seus motoristas parceiros.

Com informações: Adweek, Engadget e Tecnoblog

1 Comentário

  1. Amigo Fernando, desculpe, mas esta notícia interessa apenas aos americanos.

Deixe uma resposta