Tribunal de Contas do Estado manda suspender licitação das roçadas em Blumenau

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Herneus de Nadal, determinou na última quinta-feira, 10, a suspensão da concorrência 20/2019, que trata dos serviços de roçada, manutenção de praças e jardins e limpeza pública, cujo as propostas eram para serem abertas nesta quarta-feira, dia 16.

Herneus de Nadal aceitou o argumento de Vanderlei Valentini, bacharel em direito, que tem acompanhado com lupa tudo o que se refere com os contratos firmados pela Prefeitura com a extinção da URB. Nesta ação, ele questiona um item do edital, sobre a qualificação técnica das empresas. Vanderlei diz que a Prefeitura não deixa claro quais seriam os serviços de  manutenção de praças e jardins e questiona também a a forma de apresentação de atestados.

O relator do TCE entendeu que um dos argumentos de Valentini, sobre o somatório de atestados, era pertinente.

É uma questão técnica, difícil para entender por este jornalista e para a maioria das pessoas. Se quiser conhecer todo o processo, leia aqui: decisao roçada blumenau

Mas o que dá para entender é que mais uma licitação em Blumenau apresenta problema.

Questionei a posição da Prefeitura, que mandou uma nota oficial, confira:

Com relação ao edital referente aos serviços de roçada da cidade de Blumenau, o mesmo teve sua primeira versão suspensa pelo Tribunal de Contas. Diante deste fato, a Prefeitura estará republicando o edital apenas reiterando um item conforme recomendação do próprio TCE. Importante salientar que os demais serviços prestados pela empresa Racli seguem seu fluxo de trabalho normalmente.

2 Comentário

  1. Por que o jornal não procurou o denunciante para entender?

  2. Blumenau tornou-se expert em licitações problemáticas , é raro ver uma licitação bem feita ou que o vencedor tenha capacidade técnica , sempre surge problemas . Será porque ?

Deixe uma resposta