Sescon cobra plantão da Prefeitura de Blumenau durante o recesso

Foto: PMB

O próximo presidente do Sescon (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas de Blumenau e Região), assume no dia 19 de março com uma prioridade. Sensibilizar a Prefeitura a manter um plantão durante as férias de final de ano para agilizar o processo de liberação de alvarás para novas empresas.

O presidente eleito, Nelson José Mohr, afirma que o longo período de recesso prejudica não só os empreendedores, mas também o governo, que demora mais para arrecadar.

“Em que mundo vivemos que alguém quer empreender, gerar um negócio e renda para o município e não consegue um alvará?”, pergunta o futuro presidente.

Ele tem razão. A férias são coletivas, mas não há razão para a Prefeitura montar um plantão mínimo.  A administração Napoleão Bernardes (PSDB) avançou bastante nesta área e pode fazer mais.

Nelson Mohr assume oficialmente a presidência do SESCON no dia 19 de março. Ele encabeçou a única chapa que concorreu na eleição realizada dia 20 e vai comandar o sindicato pelos próximos quatro anos.

2 Comentário

  1. Só no Brasil que isto ocorre, o poder público fica de recesso e a população que espere .

    Isto sem contar os pontos facultativos , as greves, etc…etc…

  2. DE QUE ADIANTA A PREFEITURA FAZER PLANTÃO, SE EXISTEM OUTROS ÓRGÃOS E OS MESMOS ESTARÃO EM RECESSO. PORQUE A COBRANÇA SEMPRE EM CIMA DO MUNICÍPIO?

Deixe uma resposta