Empresário Ronaldo Baumgarten é sondado para participar da eleição em Blumenau

foto: Fernando Willadino/FIESC

É sempre assim. Em ano de eleição municipal, o nome do empresário Ronaldo Baumgarten sempre é falado para disputar a Prefeitura de Blumenau. Foi assim em 2012, em 2016 e voltou a ser este ano.

Mas, agora a conversa parece ser diferente e o nome dele está sendo cogitado para ser candidato a vice numa eventual dobradinha com o prefeito Mário Hildebrandt. Algumas conversas, que envolveram outras lideranças empresariais importantes da cidade, foram feitas neste sentido.

Ronaldo, que faz parte da direção da FIESC e preside a Comissão de Assuntos Legislativos da federação, não está filiado a partido, ele que até pouco tempo estava no PSD.

Conversei com ele nesta semana, que me disse que não foi procurado para tratar de sua participação na eleição, mas não nega que sempre conversa sobre temas da cidade com algumas lideranças, empresariais e políticas. “É bom para me manter atualizado das questões da cidade”, disse.

“Eu sempre fui uma pessoa que colaborei com o Município, mas agora, se a minha colaboração vai ser em participar de um pleito eleitoral ou depois contribuir com a minha experiência em algum setor, só o tempo vai dizer”, afirmou também.

Perguntei ainda se ele via problema em ser candidato a vice de alguém e ele disse que nunca pensou. “Até porque o candidato que já pensa em ser vice, ele não é candidato”, destacou. “Se fosse para eu entrar no páreo, com certeza eu entraria como cabeça de chapa.”

No final da conversa ele reforçou que seu compromisso é com a FIESC e questionei se ele fechava as portas para a participação no processo eleitoral deste ano. “Nunca fecho, estou sempre a disposição para bater um papo, conversar, para que alguém tente me convencer de alguma coisa, isso é natural.”

É isso. Uma das coisas que apurei que ele aguarda também o movimento de João Paulo Kleinübing (DEM), contra quem não concorreria. Inclusive o destino do empresário poderia ser o Democratas, que então o indicaria para ser candidato a vice na chapa do prefeito Mário Hildebrandt.

Até 3 de abril, prazo máximo para quem quer disputar a eleição estar filiado, veremos se Ronaldo Baumgarten estará no páreo ou não.

1 Comentário

  1. Jamais este empresario aceitaria ser vice do atual prefeito , penso que é uma pessoa que tem dignidade , não se envolveria com a sujeira que existe atualmente na política . Com candidato a prefeito sim , eu faria campanha de graça , só para não deixar as quadrilhas vencerem novamente .

Deixe uma resposta