Sem recursos federais, Prefeitura de Blumenau pede autorização para concluir CEIs

Foto: PMB

No último dia 15 de maio, a Prefeitura de Blumenau enviou um documento para o Governo Federal pedindo autorização para tocar as obras de construção de cinco Centros de Educação Infantil com recursos próprios. É que a União anunciou, ainda em março, quando começou a pandemia do Coronavírus, que não repassaria os valores empenhados para a conclusão destas obras neste ano.

Desde 2014 estes CEIs são prometidos.

Até o momento, cerca de R$ 2,1 milhão já foi repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, valor que representa 53% do total que deveria ser investido no total, ou seja, quase R$ 2 milhões ficaram pelo caminho.  Segundo o diretor Administrativo-Financeiro da Secretaria de Educação, Adriano da Cunha, a Prefeitura já pagou quase o dobro do que deveria ser sua contrapartida, totalizando quase R$ 4 milhões.

O último repasse do FNDE aconteceu em novembro do ano passado, cerca de R$ 570 mil.

Dos seis CEIs prometidos nesta parceria com o Governo Federal, apenas o  João Gervaz Neto, na Água Verde, foi entregue, em agosto de 2019.

As unidades em construção são o CEI Professor Jacó Anderle e CEI Elfrida Fisher Vieira, na Itoupavazinha; CEI Professora Elisabete Nunes Anderle, no Passo Manso; CEI Leonirdes Westarb, no Vorstadt e CEI Osvaldo Deschamps, no bairro Da Glória.

O Osvaldo Deschamps é o que está estágio da obra mais avançada, cerca de 80%. Os que está mais atrasado é o da Itoupavazinha, com 47%. Os demais estão acima de 60% das obras concluídas.

Quando os CEIs estiverem prontos, poderão atender a até 94 crianças em período parcial, ou 188 em período integral.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta