“Se mudar projeto, viaduto sobre a BR 470 no trevo do Bandefurt não sai este ano, diz DNIT

Foto: Informe Blumenau/arquivo

Ouvi o superintendente do DNIT em SC, Ronaldo Carioni, em entrevista ao colega Jorge Theiss na Rádio Nereu Ramos, nesta segunda-feira. Explica muito o desleixo com obras públicas, sem ser esta uma critica a ele, mas ao sistema. Ou sou eu que sou muito chato mesmo.

Carioni falou sobre sua recente visita a Blumenau, na última sexta-feira, quando reuniu-se com vereadores, o deputado estadual Jean Kuhlmann e representantes da comunidade e de algumas empresas.

Explicou sobre corte de verbas do orçamento da União para a duplicação da BR 470, disse que não afetaria muito o cronograma, além de tratar das novas obras no trevo da Mafisa e na rótula da ponte do Bandefurt, onde há previsão de construir um viaduto, os dois com dinheiro garantido.

Houve a proposta de alterar o projeto da parte de baixo do viaduto, no Badunfurt. Em poucas palavras, a proposta aprovada e orçada é fazer fechado com muros pelos lados, com um  túnel. Foi solicitado na reunião da última sexta-feira que o viaduto fosse aberto, com vigas.

Foi o jeito mais fácil de se resumir, me perdoem os engenheiros.

“Muda bastante”, disse Carioni, destacando que a decisão jogaria a obra para o ano que vem. “A sociedade deve decidir”, afirma, concordando que a mudança no projeto seria melhor, mas atrasaria bastante.

Em poucos dias, o DNIT quer apresentar as duas situações e mostrar quando tempo demoraria para executar o novo projeto, talvez numa audiência pública e jogar a responsabilidade da decisão aos envolvidos.

“As vezes é melhor se esperar para ter algo melhor, as vezes não, o caos é tão grande hoje que é melhor fazer o que esta previsto, para depois melhorar”

Carioni destacou ainda na entrevista que o projeto prestes a ser executado já tinha sido apresentado, inclusive em audiência pública. Lamenta a perda de tempo. “Era coisa para já estar decidida”.

Isso me lembrou muito duas obras recentes, ali perto mesmo. O viatudo da Mafisa e o Parque das Itoupavas, que às vésperas de ser inaugurado terá que ser reconfigurado, por conta da obra na BR.

1 Comentário

Deixe uma resposta