Projeto de lei quer acabar com radares móveis em Blumenau

Foto: PMB

A iniciativa é do vereador Jovino Cardoso Neto (PROS) e deve começar a tramitar nas comissões nesta terça-feira, 12. Ele quer proibir a “fiscalização por meio do registrador de velocidade tipo móvel” em Blumenau.

Ele justifica o projeto por conta da reclamação de muitos contribuintes, dizendo que a resolução 396 do Contran foi criada para lombadas eletrônicas fixas e não móveis.

Esse projeto vai dar o que falar.

Eu não sou contrário aos radares, mas sim a forma como a fiscalização é feita, inclusive por conta da falta de uniformidade nas velocidades de uma mesma via e os locais onde muitas vezes ela acontece.

4 Comentário

  1. Alcino Carrancho, Aguardando 2020 Para Defenestrar o Restolho dos Maus Políticos disse:

    Jovino Cardoso Neto:

    O tempo dos políticos populistas está se acabando… A tua hora chegará em 2020!

    Já fui multado algumas vezes por excesso de velocidade e aprendi que a tal “indústria da multa” se abastece com a matéria prima da infração.

    Nunca fui multado por respeitar as leis.

    Alcino Carrancho,
    O Profeta, Profetizando a Queda do jovininho cardosinho netozinho em 2020!

  2. Concordo com o Alexandre , uniformizar a velocidade na mesma via já seria o suficiente .
    Os radares moveis só prejudica os infratores , mas precisamos uniformizar as velocidades nas vias , caso o contrário , o radar é industria da multa .

Deixe uma resposta