Prefeito Mário e AMMVI são criticados na Assembleia Legislativa

A notícia está na capa do site da Assembleia Legislativa, que repercute o pronunciamento dos deputados Ricardo Alba (PSL) e Ivan Naatz (PV), os dois com domicílio eleitoral em Blumenau.

Eles criticaram na sessão desta quarta-feira, 7,  a não adesão da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (AMMVI) ao Projeto Recuperar, do Governo do Estado, que visa a manutenção de rodovias estaduais, recentemente lançado pelo Governador Carlos Moisés (PSL).

“A AMMVI não assinou, receberia R$ 437 mil por mês, mais de R$ 5,2 milhões por ano para roçada, limpeza, sinalização, pintura das faixas da SC-108, SC-110, SC-421, SC-477, SC-486, mas a AMMVI, presidida pelo prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, se manifestou contra a entrada desses recursos. Prefeito negar recursos para manutenção, nunca vi”, ironizou Ricardo Alba (PSL).

“Li que rejeitou os recursos, quando nós recebemos pedidos e mais pedidos de vereadores de toda região. O dinheiro está disponível e o prefeito rejeitou. Nós representamos essa associação, mas é até uma perseguição, um propósito político, e quando faz política para prejudicar a população, tem de sentar o sarrafo”, opinou Ivan Naatz (PV).

O objetivo do Governo Moisés é repassar para os municípios a responsabilidade de manutenção de vias estaduais. Já ouvi de Mário Hildebrandt, também presidente da AMMVI, como de outros prefeitos da região, um certo ceticismo com a proposta, por conta dos valores disponibilizados.

Por isso, a AMMVI ainda não teria batido martelo, para fazer as contas e não receber um “presente de grego.”

3 Comentário

  1. Está correta a AMMVI.
    Esse valor mal dá para fazer as roçadas, quem dirá para o asfalto. O governador quer jogar para a torcida com essa esmola. Aliás, esse governador nem sabe onde fica o Vale do Itajaí.

  2. Perguntoaos deputados :

    – Os senhores sabem se os valores são suficientes para executar os trabalhos ?

    Se aceitarem o o valor indicado e não for suficiente , haverá repasses do governo ?

    Alguém fez um estudo para saber qual o valor necessário ?

  3. Aproximadamente R$ 28 milhões foram arrecadados pelo Estado com IPVA só de Blumenau nestes 6 primeiros meses de 2019. E quer distribuir para aplicação 5,2 milhões para o ano todo e em toda a AMMVI. Bom negócio para quem mesmo?

Deixe uma resposta