Os votos em disputa neste segundo turno em Blumenau

Foto: Informe Blumenau

Nesta sexta-feira começa a propaganda eleitoral na TV e no Rádio neste segundo turno, mas desde que saiu o resultado das urnas no domingo a calculadora é uma ferramenta muito usada nos dois comitês que ficaram na disputa em Blumenau.

Imaginando que Mário Hildebrandt (Podemos) e João Paulo Kleinübing (DEM) mantenham os votos conquistados no primeiro turno, a vantagem do prefeito na largada é de 43.265 votos para o candidato à reeleição, pois fez 68.222 votos contra 24.957 do adversário.

66.722 eleitores escolheram um dos outros dez candidatos, sendo que alguns declararam apoio  para um ou outro.

Entre os mais votados, Alba (PSL) e Natel (PDT) – que juntos fizeram 22.484 votos – anunciaram apoio a Kleinübing; Ivan Naatz (PL), que fez 7.227 votos, declarou apoio a Hildebrandt. Não acredito na transferência automática dos votos com a declaração de apoio, mas é uma sinalização.

Ainda entre os mais votados, Novo e PT, que juntos conquistaram 31.205 votos para majoritária, não manifestaram apoio a candidato algum. As demais cinco siglas, que juntas conquistaram 6.811 votos, também não declararam apoio. Neste caso, são 38.016 a serem conquistados.

Ainda entre os que compareceram para votar, 19.735 eleitores anularam o voto ou votaram em branco.

Sem falar nas 66.873 pessoas que deixaram de votar no 1º turno, uma abstenção recorde em Blumenau.

 

1 Comentário

  1. Os que não foram eleitos , na campanha falaram mal do prefeito ou de seus adversários , e agora prestam apoio ?
    Onde fica a dignidade e caráter desta gente ? Ou será que na política caráter e dignidade não faz parte do dia a dia ?

    Diga-me com quem andas , que te direi quem és .

    Depois chamamos eles de subservientes de partidos, paus mandados, interesseiros e ainda ficam bravos , dizem se ofender . Mas como tratar pessoas desta índole ?

Deixe uma resposta