Oportunidade para zerar as dívidas

De olho no 13º salário que começa a pingar nas contas de boa parte dos assalariados nos próximos dias, a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Blumenau promove a segunda edição do Feirão Limpe Seu Nome. Uma boa iniciativa para zerar as contas, antes das compras natalinas. Mais informações no release enviado pela assessoria de imprensa da entidade:

CDL Blumenau promove 2º Feirão Limpe Seu Nome

Evento tem como objetivo diminuir a inadimplência por meio do 13º salário. Em Blumenau, segundo a Fecomércio, 15,6% das famílias estão com dívidas ou contas em atraso.

De 1 a 5 de dezembro, a CDL Blumenau promove o 2º Feirão Limpe Seu Nome, que tem como principal objetivo fazer com que o consumidor volte a ter crédito no mercado. O Feirão será no bloco J da Furb, de terça à sexta-feira, das 11h às 17h, e no sábado das 9h às 17h.

A intenção é que as pessoas que estão inadimplentes utilizem o 13º salário para, primeiramente, quitar as dívidas. De acordo com o presidente da CDL Blumenau, Helio Roberto Roncaglio, essa é uma das maneiras de aquecer o mercado. “Com o nome limpo, o consumidor tem crédito para realizar novas compras e, assim, movimentar o comércio”, afirma.

De acordo com a pesquisa realizada pela Fecomércio sobre o Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) – Outubro 2015, em Blumenau, 58,6% das famílias estão endividadas. E 15,6% estão com dívidas ou contas em atraso. “O Feirão certamente vai ajudar a diminuir esses números e fazer com que muitas famílias retomem o crédito”, argumenta, Roncaglio.

Como funciona
A pessoa que possui algum débito em Blumenau deve ir até o Feirão Limpe Seu Nome, onde vai contar com uma equipe de apoio da CDL. No local, o interessado realizará uma consulta no SPC para verificar quais são as pendências. Após, o consumidor poderá negociar a dívida com lojas de diversos segmentos, bancos, cooperativas, universidade e instituições de ensino, que participarão do evento.
Em 2014, o Feirão realizou 2.684 atendimentos e recuperou R$ 976.684,19 dos R$ 1.9992.702,75 negociados.

FONTE: Karin Bendheim / assessoria de imprensa da CDL

1 Comentário

  1. Isso é injusto contra as pessoas que pagam em dia.

    Esses sim deveriam ter algum benefício.

Deixe uma resposta