Opinião: Dia Internacional contra a Corrupção

O dia de hoje, 9 de dezembro, foi declarado pela Organização das Nações Unidas como sendo o Dia Internacional contra a Corrupção, a data remete à Convenção de Mérida, firmada no México em 2003 por mais de 100 países, inclusive o Brasil, que a ratificou em 2006, através do Decreto 5687/2006.

Segundo o último índice de percepção da corrupção, calculado pela Transparência Internacional, o Brasil caiu da 96ª para a 105ª posição no ranking mundial. A pontuação passou de 37 para 35: o valor mais baixo dos últimos sete anos. Ao lado do Brasil estão Armênia, El Salvador, Peru, Timor Leste, etc.

Em que pese diversos esforços de combate à corrupção, sejam pela criação de leis de controle, transparência e fiscalização, bem como ações efetivas, como a Lava Jato, que foi crucial para romper com o histórico de impunidade da corrupção no Brasil, principalmente de réus poderosos, o resultado negativo reforça que os esforços notáveis do país contra a corrupção podem estar em risco, pois não tivemos nos últimos anos qualquer esboço de resposta às causas estruturais da corrupção no país.

Para o país efetivamente avançar e mudar de patamar no controle da corrupção, são necessárias mais reformas legais, institucionais e, principalmente, de conduta da própria população, que deve primeiro ela dar exemplo aos seus, acabar com o “jeitinho brasileiro”, para que se altere as condições que perpetuam a corrupção sistêmica no Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta