O espaço do PSDB na Câmara de Vereadores de Blumenau

Foto: Câmara de Vereadores Blumenau

Pelo acordo pré-eleitoral, o PSDB (assim como o PSB de Mário Hildebrandt) abriu mão da Mesa Diretora da Câmara, logo ele que elegeu a maior bancada, três vereadores. DEM, PP, Solidariedade e PMDB ocuparam as quatro cadeiras da direção do Parlamento.

Agora os tucanos buscam os demais espaços. Dos quatro principais cargos na Mesa Diretora, indicaram dois nomes: José Oechsler, presidente do PSDB municipal, e Daniel Bublitz, sem filiação, ocuparão a diretoria Administrativa e diretoria de Comunicação, respectivamente.

Agora o partido reivindica participação nas duas comissões que mais interessam ao Governo Napoleão Bernardes (PSDB), Comissão de Constituição e Justiça e de Finanças. Quer a presidência de uma e a relatoria de outra.

Além disso, o partido fará a liderança do Governo, ao contrário do primeiro mandato, quando o espaço foi ocupado por vereadores de outras legendas.  Sylvio Zimmermann, Jeans Mantau e Alexandre Mathias, um dos três assumirá a tarefa.

Foto: Câmara de Vereadores Blumenau

Estas composições serão sacramentadas na quinta-feita, dia 2, na primeira sessão da nova legislatura.

2 Comentário

  1. na minha ótica, os dois , Matias e Sylvio Zimmermann, dois sangue novo

  2. Vão dançar a música do prefeito..a maioria é vendido ..e como sabemos..quem se vende não vale nada.

Deixe uma resposta