Mais mensagens da Vaza Jato, reforma da Previdência no Senado, Frota e o PSL e Eike em casa

Vaza Jato

Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, buscou incentivar manifestações favoráveis às causas defendidas por ele e pela operação. Essas informações estão em novas mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil.

O site revela conversas entre o coordenador e lideranças dos grupos “Vem Pra Rua” e “Instituto Mude”, no dia seguinte à morte do ministro do Supremo, Teori Zavascki, relator da Lava Jato na corte.

O objetivo era influenciar a escolha do novo relator da operação no tribunal.

Com informações: UOL e The Intercept Brasil

Boca fechada

O senador e relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), disse em entrevista à Folha, que o presidente Jair Bolsonaro deve ficar quieto para não atrapalhar a tramitação do texto e evitar atritos.

O senador também defendeu que pautas polêmicas – como a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada brasileira nos EUA – deveriam ser adiadas até a aprovação das reformas.

Com informações: Folha

Frota e o PSL

Integrantes da cúpula do PSL dizem que há, sim, chances de o partido expulsar o deputado federal por São Paulo, Alexandre Frota, por críticas ao presidente Bolsonaro e ao filho, Eduardo.

Eike em casa

O empresário Eike Batista, que tinha sido preso na última quinta-feira, 8, na Operação Segredo de Midas, já está em casa. Eike deixou o presídio por volta das 21h30 do último sábado, horas depois de conseguir um habeas corpus.

O empresário foi preso na operação que investiga manipulação do sistema financeiro com informações privilegiadas.

Com informações: G1

Resumo do Brasil: mais mensagens da Vaza Jato, reforma da Previdência no Senado, Frota e o PSL e Eike em casa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta