Lula e Papa Francisco se encontram no Vaticano

Foto: reprodução/Ricardo Stuckert

Luiz Inácio Lula da Silva se encontrou nesta quinta-feira, 13, com o Papa Francisco.

O ex-presidente viajou até o Vaticano para abordar temas como a fome, desigualdade social e intolerância. Em uma rede social, Lula postou uma foto ao lado do Bispo de Roma, com a legenda “um mundo mais justo e fraterno”.

“Fiquei muito satisfeito com o encontro com o papa Francisco. Acho que se todo ser humano, ao atingir os 84 anos, tiver a força, a disposição e a garra que ele tem, e levantar temas importantes para o debate, eu acho que a gente pode encontrar soluções [para os problemas do mundo] de forma mais fácil”, disse o ex-presidente.

Detalhes da reunião não foram divulgados. Segundo a agência AFP, a Santa Sé não vai divulgar um comunicado oficial devido ao caráter privativo da reunião.

Segundo o site do PT, Lula aproveitou a viagem para outros compromissos com líderes políticos locais, como o atual secretário-geral do Partido Democrático (um dos dois partidos que governa a Itália), Nicola Zingaretti, e o ex-primeiro-ministro italiano Massimo D’Alema, que havia visitado Lula na prisão, em Curitiba.

Ele também se reuniu com representantes da CGIL (sigla em italiano da Confederação Geral dos Trabalhadores da Itália), entidade similar à CUT.

A defesa de Lula solicitou o adiamento de um interrogatório previsto para 11 de fevereiro em Brasília para poder viajar à Itália e ao Vaticano entre os dias 12 e 15.

Ele não sofre restrições para sair do pais.

Com informações do UOL e G1

2 Comentário

  1. Jesus perdoou Judas , então o Papa pode receber Lula …..a Santa fé recebe todos , inclusive traidores e ladrões .

  2. Papa comunista ridículo, defendendo criminosos com várias provas e ainda quando foi na amazônia criticou o governo e não disse NADA da perseguição, caos, miséria, fome e matanças na vizinha Venezuela!

Deixe uma resposta