Líder do Novo em Blumenau pede investigação contra deputado federal do próprio partido

Foto: Câmara dos Deputados

O advogado Rafael Boskovic, líder do Partido NOVO de Blumenau (uma espécie de presidente local), solicitou a direção nacional do partido a abertura de um processo de investigação contra o deputado federal Alexis Joseph Fonteyne (NOVO/SP). O motivo é a utilização do auxílio-moradia da Câmara dos Deputados, cerca de R$ 4,2 mil, agregados ao salário de R$33.763,00.

Ele é o único dos oito deputados eleitos pelo NOVO a utilizar o benefício. O partido fechou questão contra a utilização do benefício.

A cobrança não vem apenas de Blumenau e esquentou o clima na sigla, com troca de acusações. O deputado Alexis, em uma manifestação, chegou a comparar os filiados que estavam lhe cobrando o posicionamento contra o auxílio-moradia à “GESTAPO”, a polícia política de Adolf Hitler.

Rafael Boskovic também quer que seja investigada a conduta do Diretório Estadual do NOVO em São Paulo, bem como de seu Presidente, Fernando Meira, por supostamente ter sido negligente na cobrança do compromisso do filiado.

Leia a solicitação e a fundamentação do líder do NOVO em Blumenau em Req_CEP_NOVO_AuxMoradia (2)

4 Comentário

  1. Fazer certo no NOVO vem antes de dar certo. Poderíamos descorrer uma manhã inteira sobre o assunto, mas a coisa é simples: Respeito ao dinheiro público.
    É previlégio? É velho (desculpa o trocadilho), mas não é NOVO.

  2. Esse radicalismo sem sentido não contribui para uma legenda que está apenas começando e tem em seus eleitos os seus cartões de visita. Alexis tem a confiança dos filiados em São Paulo e está trabalhando para economizar Bilhões, gerar empregos e facilitar a vida de quem empreende e gera emprego. Logo, esse que cobra posicionamento com tanta veemência e dureza deveria analisar o desserviço que presta ao projeto que se inicia.

  3. Indiferente de qualquer segmento sempre estará o bicho homem, então está explicado.

Deixe uma resposta