Lenilso Silva fará parte do Conselho Nacional de Combate à Discriminação de LGBT

Na próxima semana o suplente de vereador Lenilso Silva (PT), ativista dos Direitos Humanos,  passa a ocupar uma cadeira no Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT). A indicação foi feita pela Articulação Brasileira de Gays – ARTGAY, rede nacional de homens gays, da qual Lenilso é coordenador em Santa Catarina.

A informação é do próprio Lenilso, que diz que sua primeira reunião acontecerá entre os dias 10 e 13 de abril, em Brasília. Estarão reunidos os 30 integrantes do Conselho – 15 representantes da Sociedade Civil e 15 do Governo Federal – para formular e propor diretrizes de ação governamental, em âmbito nacional, voltadas para o combate à discriminação e para a promoção e defesa dos direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT.

O Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT) é um órgão colegiado, integrante da estrutura básica da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR).

Lenilso assumiu uma cadeira na Câmara por 30 dias em novembro, quando apresentou vários projetos de lei em defesa dos Direitos Humanos e em especial para os direitos da  comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

1 Comentário

Deixe uma resposta